Seis dicas para um brainstorm efetivo (o que é brainstorm?)

17 de fevereiro de 2013

Se você quiser conduzir um brainstorm que dê frutos, estimule e convide pessoas diferentes, não deixe só o líder falar, não perca o foco, anote tudo, não divague e não descarte uma ideia logo de cara.

Eu já devo ter participado de uns 9872 brainstorms. Essa técnica faz parte da vida de qualquer redator que trabalhe com criação. Porém talvez você não trabalhe numa agência de publicidade e sequer saiba o significado dessa palavrinha – a saber: brainstorm, do inglês, brain = cérebro e storm = chuva. Se esse é seu caso, tudo bem, leia o parágrafo abaixo para entender que diabo é isso. Caso você já saiba o que é brainstorm e queira ir direto para as dicas de como conduzir um, pode pular o parágrafo, sem medo de ser feliz.

Brainstorm é uma técnica criada para ajudar a criar. A ideia, de um grande publicitário, foi mais ou menos a seguinte: reunir um grupo de pessoas, apresentar a eles um problema e pedir que todos proponham diferentes soluções, dizendo tudo que vier a mente, praticamente sem filtros. Brainstorm é isso aí. Agora se você quiser saber como conduzir um brainstorm decente (e efetivo), ler as dicas abaixo pode ajudar bastante.

1. Convide pessoas diferentes para participar

Um médico, normalmente, pensa muito diferente de um antropólogo, que pensa diferente de um contador, que pensa diferente de um poeta, que pensa diferente de um pastor evangélico. Imagina que legal ouvir o que cada uma dessas pessoas pensa sobre como solucionar um problema.

2. Não deixe só o líder falar

A cena é clássica: você coloca três pessoas juntas e, em instantes, alguém já se elege líder do grupo e quer monopolizar a atenção. Não deixe isso acontecer no seu brainstorm. Todos devem falar, todos devem ouvir. Essa é a ideia chave da brincadeira, e se não sabe brincar, não desce pro play.

3. Seja legal, mas não perca o foco

O brainstorm pode e deve ser descontraído para incentivar a criatividade dos participantes, mas ficar divagando sobre o último episódio do Bob Esponja não vai ajudar em nada, sério. Foco é o segredo.

4. Anote tudo

Eu li num muro que ideias são como pássaros, é preciso tomar cuidado para que não voem para longe. Ok, eu não li isso em muro nenhum e a metáfora foi péssima, mas você entendeu. Faça anotações ou você vai esquecer tudo antes de lembrar o que comeu ontem no almoço.

5. Não fique divagando infinitamente

Se depois de algum tempo, ninguém conseguir pensar em mais nada, o melhor conselho é… desencanar. Procure fazer outro brainstorm em outro horário, de preferencia com pessoas diferentes.

6. Não subestime nem descarte uma ideia logo de cara

Tente não cortar o barato de algum participante que esteja dissertando sobre sua ideia todo empolgado. Se você achou a ideia horrível, não o desencoraje, apenas anote. Por mais que uma ideia pareça boba à primeira vista, depois, aperfeiçoada ou analisada com calma, talvez ela seja, literalmente, a solução pro seu problema. [Webinsider]

…………………………

Leia também:

…………………………

Acesse a iStockphoto. O maior banco de imagens royalty free do mundo.

Acompanhe o Webinsider no Twitter e no Facebook.

Assine nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo.

Avalie este artigo:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *