Indicativos importantes sobre o público das notícias digitais

17 de maio de 2014

O método usado para chegar a um site de notícias determina o comportamento do leitor. Visitantes que digital a url ou usam bookmarks são mais engajados.

PJ-news-pathways-03-10-2014-02
O Pew Research Center publicou dados de um estudo que avalia o engajamento dos leitores de notícias online.

Segundo a pesquisa, o método usado pela pessoa para chegar a um site de notícias determina o comportamento do leitor nesse site.

A pesquisa avaliou dados de acesso a 26 grandes sites de notícias.

Descobriu que visitantes “diretos” (que digitam a URL do site ou usam um bookmark) têm comportamento diferente dos que usam sites de buscas ou redes sociais para chegar às notícias.

Entre as conclusões do estudo:

  • Visitantes que digitam URL ou usam bookmarks são muito mais engajados com o conteúdo do site de notícias que os outros visitantes. O tempo médio de visita é muito mais longo para os visitantes diretos.
  • Mesmo entre os visitantes diretos, o nível de engajamento varia muito entre os sites visitados — tanto em tempo de visita como no número de página vistas no site.
  • Os visitantes costumam usar o mesmo caminho para acessar um determinado site. Os leitores de notícias online parecem ser pessoas com hábitos formados.
  • Alguns sites se destacam no tráfego via Facebook, e formam categorias diferentes de conteúdos. Nos EUA, o site ideológico Mrconservative.com recebe 73% do seu tráfego via Facebook. O Buzzfeed recebe 50%, e a rede pública de rádio NPR.org recebe 22%.
  • Visitantes que chegam ao site de notícias via Facebook são mais jovens que a média dos leitores.

Veja a pesquisa completa do Pew.

1-PJ_14.01.09_ReferralTraffic_Traffic-to-News-Sites_640px

[Webinsider]

…………………………

Leia também:

…………………………

Conheça os cursos patrocinadores do Webinsider

Avalie este artigo:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *