Qual é a sua marca na literatura?

27 de novembro de 2015

Escrever é a etapa zero, contudo, para a prosperidade profissional é preciso trabalhar e trabalhar e trabalhar a percepção de valor.

carimboQuantas vezes compramos um produto ou contratamos um serviço só por termos ouvido falar bem da marca? Ou por ter lido alguma indicação positiva?

A criação de uma boa percepção de valor é tão importante quanto um design matador, por exemplo.

Assim é com os livros. Escrever e publicar são passos importantes, mas vou dizer que é apenas a fase embrionária da carreira de um escritor.

Como você quer ser reconhecido?

Quando inicio projetos de marketing de conteúdo essa é a primeira pergunta que faço aos clientes. E veja só: a maioria não sabe!

Outros caem nos clichês:

  • Quero ser o melhor vendedor de…
  • Quero ser o rei de…
  • Quero ser o maior…

Todos hiper, todos mega! Mas para o sucesso REAL de um projeto, é preciso foco e definições mais específicas:

  • Quero ser reconhecido por oferecer hospedagem de sites confiável e com preço justo.
  • Quero ser reconhecida como uma ótima profissional com foco em User Experience.
  • Quero mostrar que meu antivírus é muito eficiente para aplicativos mobile.

E na literatura?

J. R. R. Tolkien, Stephen King, Anne Rice, Bernard Cornwell, e muitos outros best sellers mundiais construíram suas marcas de maneira sólida e clara. Ou seja, criaram uma identidade e, a partir dela, trabalharam duro para melhorar a cada dia sua percepção de valor.

Pense em outras áreas: música, pintura, quadrinhos… Teremos nomes e mais nomes de profissionais que souberam valorizar suas marcas por meio de projetos de alta qualidade.

Quem consome esses profissionais já sabe o que vai ter nos próximos trabalhos.

Então eles são mais do mesmo, Eduardo!

Não! Eles criaram um padrão de qualidade, assim como Google, Apple, Outback…

Mesmo que você não conheça o produto ou serviço, sabe do esmero que esses negócios têm ao desenvolver seus core business.

Enfim, acho que todos os profissionais precisam criar uma marca forte, pois ela será a base para a construção da percepção de valor.

E só com ela é possível se destacar e oferecer conteúdos dignos para quem investe tempo e dinheiro nos nossos produtos.

Vamos juntos nessa?

Até mais!

Avalie este artigo:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *