Corrida, caminhada, bicicleta e celular

Nova Escola de Marketing
18 de fevereiro de 2016

Dicas básicas e essenciais para quem pratica atividades físicas monitoradas por aplicativos e deseja gravar bem os dados no smartphone.

Aplicativo de corrida

1. Planeje a carga da bateria do celular antes do treino

Saia sempre com o celular carregado. Nada pior do que dar pane seca na bateria no meio do exercício.

2. Feche os aplicativos que não estiver usando

Todas as vezes que meu filho usa o telefone, ele deixa uns 15 jogos abertos ali disputando recursos. Por mais que os dos sistemas operacionais modernos prometam gerir isso automaticamente, liberar recursos para o seu treino sagrado pode ajudar a reduzir a chance do aplicativos travarem.

3. Desligue os dados (Edge/3G/4G)

A maioria dos smartphones economiza bateria e outros recursos quando está funcionando com o plano de dados desativado. O celular temporariamente sem dados ajuda também a reduzir as interrupções de notificações chegando durante a atividade, eliminando distração para você e para o celular, deixando ele “prestar atenção” na captura do treino.

Sem dados, você fica offline para mensagens, mas as pessoas continuam podendo te ligar em caso de emergências.

Importante: algumas combinações aparelho/aplicativo podem não capturar os treinos corretamente com o serviço de dados desligado. Faça um teste prévio antes de embalar uma rota maior nessa nova configuração.

4. Evite ficar “fuçando” no celular a cada parada

Siga essa regra principalmente se o seu aparelho for mais antigo ou for mais simples. Smartphones possuem diferentes quantidades de memória e capacidade de processamento. Cada vez que você faz o aplicativo retomar do plano de fundo para a tela e checa milhares de coisas no aparelho, o telefone se esforça muito nessas trocas de contexto.

Meu celular antigo travava os aplicativos na hora de tirar a “selfie” com os amigos – então criei a rotina de olhar o aplicativo de treino no final da pausa, antes de retomar o movimento.

5. Evite pausar manualmente os exercícios

Uma hora você perderá dados. Já perdi alguns quilômetros “pausando” a atividade manualmente e depois saindo do posto de parada sem “reiniciar” o treino novamente. Hoje, uso o “auto-pause” nos aplicativos que apresentam esse recurso: com essa função ligada, quando o aplicativo percebe que você parou de se movimentar o exercício é pausado automaticamente. [Webinsider]

Avalie este artigo:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *