Como criar um site sem lidar com design, programação e hospedagem

Nova Escola de Marketing
04 de setembro de 2017

É possível montar facilmente um site de aparência profissional, sem entender nada de programação e design. Até eu consegui.

Recebi um contato simpático do pessoal do Wix, que queria dar um alô e falar dos novos serviços e novidades deles.

A Wix é um caso interessante de empresa digital. Iniciou em 2006, com o propósito de oferecer uma plataforma de criar sites de forma fácil de montar e usar.

Existem outros serviços semelhantes, mas parece que a promessa da Wix vai sendo cumprida, pois a empresa rapidamente cresceu e hoje possui 109 milhões de usuários registrados.

Todo dia entram mais de 45 mil usuários novos para o serviço. São 2.87 milhões de assinantes pagos. O suporte as constantes melhorias explicam estes números e ajudam a manter o pessoal satisfeito.

 

Usuários Wix

 

Diante disso, eu que sempre quis criar um site sozinho resolvi testar. Vou contar como foi.

Se você é como eu, sempre precisou do apoio de um designer e de um desenvolvedor para criar os sites com os quais já trabalhou e para lidar com as questões de configuração e hospedagem.

Ou seja, neste modelo, para criar um site novo, se você não sabe fazer o design e a programação, você vai precisar de ajuda. Boa sorte!

Ou você pode partir para montar um site de aparência profissional, sem esperar que alguém o faça para você.

Para mim foi um desafio. Escritores em geral se sentem inferiores diante de designers e programadores que sabem resolver estas coisas, porém jamais vão admitir.

Primeiro passo

A primeira coisa no projeto é definir o objetivo. No meu caso era bem modesto — criar um blog pessoal, para aproveitar um domínio registrado já existente e sem uso. Um blog teste, para escrever sem compromisso e treino. Atingida esta meta, iria dobrar a meta. Brincadeira, pretendo fazer bom uso dele mais tarde.

Definido o que você deseja (criar um site para um restaurante, um fotógrafo, um consultor), é só seguir em frente.

Você pode criar site grátis ou pagar um valor baixo para ter um site bacana, com seu domínio, com SEO, Analytics, integração com redes sociais, disparos de e-mail e tal. Depende da intenção do seu projeto.

Após a publicação, use as configurações do blog para melhorar o desempenho

Escolha bem o template antes de começar

Entrei no Wix, criei um login e caí em uma página que pergunta que tipo de site gostaria de criar.

Conferir todos os templates. Há muitas opções de layouts para negócios, loja virtual, restaurantes, eventos e muitos opções. Escolhi um da categoria blog.

No meu caso não foi tão rápido e fácil escolher um template, até encontrar um modelo que transmitisse uma ideia perto da minha.

Ou comece do zero

Se você não quiser escolher um template, há uma opção em branco, onde você construir as páginas como quiser, do zero.

Mas este não é o nosso caso e vamos seguir o caminho do template, onde basta colocar o seu texto e as suas fotos no modelo.

Escolhi um template e entrei para editar os primeiros quatro posts existentes, ou seja, criar novos post em cima dos templates. Basta trocar as palavras e as imagens. Usei imagens minhas e também uma gratuita do Wix.

Depois de construir quatro posts, adicionei um aplicativo de comentários. Há vários aplicativos a adicionar, mas vamos com calma. Parei por aqui e deixei para prosseguir no dia seguinte. Foi uma sessão curta.

Segundo passo

No segundo dia fiz o upgrade para o plano Premium mais simples e coloquei o site no ar.

Mais adiante vamos adicionar coisas. Facilidade de integrar Facebook, Twitter, Pinterest e Instagram estão lá. Analytics, vendas, SEO também, nada muito difícil. Analytics já coloquei e já está contando.

Um problema – não gostei do primeiro template que escolhi. Achei melhor trocar. Foi este aqui, que achei, digamos, chique demais para os propósitos.

Primeiro template escolhido não bateu bem

Escolhi outro template e publiquei novamente os quatro posts já feitos, com a facilidade das fotos já estarem adicionadas e prontas para uso.

Não foi difícil, mas se você quiser mudar de template um dia, terá que fazer tudo manualmente. Ou seja, tenha cuidado na escolha. Escolha bem o seu template para não se arrepender depois, como eu fiz. Veja alguns templates para blogs.

Desta vez não fui apressado. Se eu fosse um fotógrafo, um músico, um dentista, um loja, um comércio ou um restaurante não teria a menor dificuldade. O problema é o propósito vago do meu site não se encaixa totalmente com nada.

Acabei por escolher um template com algumas características que não aprecio, mas pretendo mudar isso depois.

O que eu gosto neste template para blog — a entrada é diferente e muda de cor.

Adaptando o template ao blog Outrolado

O que eu não gosto — nas páginas internas dos posts, o fundo é preto com letras brancas. Para o leitor o contrário é bem mais confortável. Mais adiante vou tentar trocar — colocar o fundo branco e ajustar a tipografia, com fontes maiores e mais espaço entre as linhas. Desafio.

Outrolado.com.br

O próximo passo foi passar para o domínio próprio. Ou seja, em vez de http://username/wixsite.com/outrolado, a url do site seria simplesmente Outrolado.com.br.

Contratei um plano de um ano, a R$ 14,45 por mês. Com isso, tenho direito a usar o meu domínio. Foi fácil, o sistema me guiou. Alterei o DNS no registro.br e foi só esperar.

O site está no ar. Pretendo continuar postando e testar os módulos e complementos com o tempo. Vou mudar um pouco a programação visual e adicionar extras. Está incompleto e você pode ver que neste momento só tem os quatro posts iniciais. Mas tudo o mais está pronto para ganhar novos textos, imagens e vídeos.

Resta ainda descobrir como fazer com que a versão sem www (http://outrolado.com.br) também funcione.

Conclusão

Missão cumprida. Em pouco tempo o site ficou pronto. Agora é só adicionar os novos conteúdos, os textos de apresentação e o perfil dos autores… e evoluir, usando os módulos que você precisar.

Achei muito bom poder criar um site fácil de publicar, hospedado sem encrencas e a preço acessível. É ótima opção para pessoas e empresas que poderão publicar com mais facilidade e sem lidar com problemas técnicos.

Se quiser complementar, veja outras características do Wix neste review: 13 Key Things To Know Before You Use Wix.com | Wix Review 2017.

[Webinsider]

. . . .

Leia também

Contrate o Webinsider para melhorar o blog da empresa

Marketing de conteúdo bem explicado por Rafael Rez

Avalie este artigo:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *