São no mínimo 10 por dia. Apesar de termos um endereço só para isso, eles chegam no e–mail do atendimento, do financeiro, na criação e claro, no meu endereço pessoal.

“Currículo” é o subject preferido da maioria. Curriculum, CV, Curriculum Web, são variações sobre o mesmo tema. Outros mais formais, entitulam A/C Recursos Humanos, RH, Depto. De RH e demais variações.

Todos, sem exceção, acabam guardados numa pasta “trampo”, que dificilmente será consultada no futuro quando precisarmos de um recurso. Até porque quando vamos precisar, geralmente as pessoas boas já estão empregadas. Precisamos procurar novamente.

Ao enviar seu currículo para uma empresa, sem que você esteja respondendo a um anúncio, ou qualquer outra solicitação, suas chances deste currículo ser aberto e a você contratado são quase nulas.

Veja, é uma questão de sincronicidade. Para que um currículo enviado a esmo seja de fato aberto, analisado e pessoa contratada, um momento mágico precisa acontecer: aquele currículo tem que ser enviado para a empresa exata, chegar na caixa postal da pessoa exata, no momento exato em que ela começava a procurar uma pessoa exatamente com aquele perfil.

Probabilidade disso acontecer? 1%? Bom, 99% de chance do currículo ir parar em alguma caixa, se não no lixo diretamente.

Sim, é a realidade dura e direta.

Vivemos em uma época de poucas oportunidades de emprego, onde o trabalho formal está cada dia mais escasso, as empresas com cada dia menos gente e as oportunidades cada vez mais raras.

Justamente por isso, não vale a pena tentar, enviando o currículo mesmo assim e, quem sabe, conseguir entrar nesse 1% que é, teoricamente, contratado dessa forma?

Bom, dizem que spam funciona. Enche a paciência e a nossa caixa postal, mas tem alguém que efetivamente abre aquilo e portanto dá certo para outro alguém. Em meio a milhões de mensagens, algumas pessoas abrem e dá certo.

Mas se estamos falando de um currículo, que representa um profissional em busca de uma oportunidade para mostrar seu talento e seu potencial, ser comparado com spam não é exatamente a melhor coisa do mundo, né?

A saída é clara e a mensagem também: fale com quem quer te ouvir e o resultado será muito mais interessante. Procure uma estratégia de aproximação. Estude as empresas com as quais você quer falar. Descubra quem são as pessoas–chave e se o momento é adequado para falar.

Pra chegar nisso, a gente consegue pensar rápido em algumas regrinhas básicas que valem muito nessa hora.

– Fale com quem quer te ouvir. Não mande seu currículo para uma empresa que não está precisando de pessoas naquele momento.

– Procure empresas que tenham afinidade com o seu interesse e sua experiência profissional. “Tanto faz, eu preciso é de um emprego” não é uma boa forma de se aproximar.

– Pense em formas de diferenciação. Não seja mais um dos 235 e–mails com o titulo “Curriculum” na caixa postal de alguém. Trabalhe o titulo da sua mensagem, pense numa forma de apresentação rápida e elegante.

E mesmo se você for tentar a sua sorte dentro daquele 1% que geralmente vão parar em alguma caixa, deixe ao menos uma coisa bem clara pra você “A/C Recursos Humanos” no título do e–mail, nunca mais! [Webinsider]

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+

  1. Kleber Pereira de Oliveira

    KLEBER PEREIRA DE OLIVEIRA

    Rua: Antônio João de Medeiros, 596B – casa nº 109 Idade: 27
    CEP 08140-060 – São Paulo
    Tel.: (011) 6566-4878
    Estado Civil: Solteiro

    OBJETIVO: Suporte Técnico de Informática
    Linux / Microsoft

    FORMAÇÃO: E.E.P.S.G ?Charles de Gaulle?
    2º Grau – Completo

    Colégio Impacta Tecnologia
    Certificação PROMETRIC – Curso Linux

    EMPRESAS:
    Escola Microcamp
    Rua: Comendador Cantinho 372 ? Penha
    Atribuições: Instrutor de Informática
    Período: Agosto/2006 ? outubro2006

    Varosoft
    Rua: General Jardim, 846 andar 8º – Higienopolis
    Atribuições: Técnico de Suporte em Linux e Microsoft, manutenção de Servidores, Hardware Backup´s e Preventivas.
    Período: outubro/2005 ? julho/2006

    Rede Sul Ass. e Cobrança
    Rua: Conselheiro Crispiniano, 72 5ºandar – Centro
    Atribuições: Atendente, Técnico de suporte Windows
    Server 2003 e Manutenção de Micro
    Período: maio/2003 ? setembro/2005

    CURSOS:
    Linux LPI 101 ? Gerenciamento. e Manutenções
    Linux LPI 102 ? Impl. e administração de infra-estrutura de Redes
    Linux Apache Servidor WEB
    Linux Firewall e ferramentas de segurança
    Linux Samba integração com rede Windows

    CONHECIMENTOS:
    Windows Server 2003 Enterprise Edition, Microsoft Office 2003, Web Designer HTML.

  2. Luis Fernando Barbosa

    olá Michel;

    Eu sei que o texto já é um pouco antigo, mas ainda assim gostei muito de lê-lo.

    Vamos trazê-lo um pouco ao ambiente atual… Hoje as empresas automatizaram o recebimento de currículos, criaram bancos de dados para armazenamento dos currículos recebidos e não divulgam mais um e-mail que possa levar o candidato até a pessoa do Recrutamento e Seleção.

    Gerenciei e implementei um trabalho como esse em uma empresa de médio porte, e o que escuto hoje da área de Recursos Humanos é: Não temos mais nossas caixas de e-mail lotadas de arquivos, e nossa busca por profissionais ficou muito mais fácil.

    Eu sei que nem todas as empresas on-line tem esse recurso implementado, mas esse novo cenário muda radicalmente a forma com que os profissionais de RH trabalham na seleção de candidatos e deve também, mudar o comportamento das pessoas que procuram por trabalho.

    E-Mail com currículo anexado nunca foi mesmo o método mais eficaz para se conseguir um novo emprego… mas e agora?!?!?! Vale a pena atualizar o artigo de 2005??

    Abraços

  3. Edu Ribeiro

    Michel muito boa a dica já estive dos dois lados da mesa, e sei que receber inumeros curriculos fora de hora não é legal nem gera resultados, nem para mim nem para o candidato. Mas se o profissional é bom e acredita em seu potencial é interressante que ele foque as empresas em que o seu perfil se enquadra e partir co estratégia em busca do objetivo.

    Abraços,