É um desejo de qualquer editor saber quais são os textos mais lidos em determinado período de tempo. Não tínhamos esse dado no Webinsider, o que era uma pena. Agora, com aferição da Predicta, isso é possível.

O que se pode observar nos primeiros dias é que um número enorme de matérias é lido freqüentemente, mesmo aquelas publicadas há mais de dois anos. Isso é bom e confirma o esperado.

Mas por que algumas matérias recebem muito mais pageviews do que outras? São diversos motivos. Algumas são mais antigas e vêm de resultados de busca para assuntos muito procurados (Bruna Surfistinha, comunidades do Orkut), outras vêm de destaques exibidos na primeira página do UOL e outras são as mais recentes sobre assuntos de muito interesse.

Então vamos ao resultado no período de 1º de novembro a 10 de dezembro (e tentar entender).

1. A mais lida foi
Office 2006 vai mudar muito. Veja onde.. Foi chamada na home do UOL, o que representa milhares de cliques por hora. É um texto que antecipa mudanças importantes esperadas no novo pacote de escritório da Microsoft.

2. O segundo lugar foi Phishing explicado para qualquer um entender. Também foi home do UOL, por ser uma explicação bem simples sobre como funcionam as iscas escondidas em e–mails que roubam senhas de banco. Quanto mais gente entender os mecanismos e o método dos ladrões, menos gente cai no golpe. Envie esse texto para um amigo ou parente mais leigo e ingênuo em assuntos de internet.

3. Ajax não é uma tecnologia, é um jeito. Texto que explica bem a utilização de recursos que criam páginas mais leves que só carregam as informações necessárias naquele momento. Excelente introdução para o assunto.

4. Sexo, darwinismo e comunidades virtuais é um texto de abril de 2004. Qual a explicação? Bruna Surfistinha. Esta matéria apresentou um case onde a internet eliminava o intermediário: uma garota de programa que trabalhava por conta própria mantinha um site com a descrição de seus serviços e o celular para contato. Este texto é complementado por outro, sobre uma comunidade onde apreciadores de garotas de programa trocavam avaliações e recomendações (chamados TD, de test drives) sobre as que anunciavam serviços. Esta matéria claramente serviu de pauta para outros veículos e assim Bruna Surfistinha foi se tornando famosa com a ajuda do blog que mantém e seu estilo de escrever simples e direto. Recentemente arrumou namorado firme, abandonou a profissão, lançou um livro na lista de best sellers e dá seguidas entrevistas em programas de televisão. Essa você leu primeiro aqui. Curioso, pois indica que muita gente se interessou por Bruna Surfistinha também pelo aspecto comportamento.

5. Conectiva e Freedows, alternativas ao Windows. Como seria a vida se eu usasse Linux? Parece que muita gente tem essa curiosidade.

6. Como ter um site amigável para os buscadores. Você tem o seu site e o robô do buscador vai até ele. O que ele procura e o que encontra?

7. Mais programas de uso diário… em Linux. O mesmo que a matéria 8. Linux vai ganhar espaço nos desktops.

8. O Google não encontra meu site em Flash. Matéria feita para responder uma dúvida de leitor, com boas dicas para usar tags que ajudam a resolver o problema.

9. Os sete pecados capitais da internet corporativa. Este é uma análise do ponto de vista de sites de empresa, muitas vezes construídos sem foco e sem métricas. Vale a leitura.

10. Porque a Microsoft domina o mercado. Interessante ao apontar decisões de concorrentes da Microsoft que acabaram beneficiando o Windows, quando outros sistemas operacionais poderiam ter conquistado mercado.

O 11º lugar também merece entrar na lista porque é mais um texto antigo, de janeiro de 2005. Os leitores tipicamente chegam a estas matérias através de buscadores. O caso das comunidades seqüestradas no Orkut mostrou a história de alguém que se apropriou de comunidades do Orkut para expor sérias falhas de segurança, em uma ação que misturou marketing e agitação social. Boa leitura. [Webinsider]


Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+