O Twitter protagonizou uma das maiores reviravoltas do mundo tech nos últimos anos. A rede social tem apresentado números incríveis, que pareciam impossíveis para quem a declarava como morta até 2017. De fato, é sério: mais de um milhão de pessoas twittou a hashtag #RIPTwitter em fevereiro de 2016, quando o feed algorítmico foi adotado.

No entanto, quem ainda pensa que a plataforma está fadada ao fracasso precisa rever seus conceitos. Segundo o repórter do Buzzfeed Alex Kantrowitz, a empresa apresenta resultados positivos, tanto no preço de suas ações quanto na política interna. Isso sem contar o ganho de usuários ativos mensais e anunciantes.

Para ele, o renascimento da rede se deu graças a quatro fatores:

Mas como tudo isso se relaciona à sua estratégia de marketing? Bom, o público do Twitter só tende a aumentar. Com ações certeiras, você pode abocanhar essa parcela – basta compreender seu o contexto e perfil, sabendo utilizar as características peculiares a seu favor.

Neste artigo, listei alguns pontos-chave para você compreender como usar o Twitter em sua estratégia de marketing.

O que é e como funciona o Twitter

Primeiramente, um pouco do básico: o Twitter é uma rede construída em torno de eventos atuais, desde notícias de última hora até entretenimento, esportes, política, eventos e interesses gerais. Por isso, seu slogan é “join the conversation” ou “junte-se à conversa”.

Estes são os principais termos que vão ajudá-lo a entender como usar o Twitter:

  • Tweet: post de até 280 caracteres que você posta em seu perfil podendo conter fotos, gifs, vídeos e emojis.
  • Retweet: é o compartilhamento de tweets que pode ser seguido de um comentário de quem retwitta ou não.
  • Seguidores: quem segue seus tweets, ou seja, os recebe em seu feed.
  • Busca: se você vê algo que não entende muito bem e quer saber mais, utilize a caixa de buscas para encontrar outros tweets sobre o mesmo assunto.
  • Hashtag: é o símbolo de # que é clicável e permite uma busca imediata sobre o assunto. Na verdade, o Twitter é o precursor da hashtag.

  • Moments: principais notícias locais e mundiais curadas pelo time do Twitter e comentadas pelos usuários. As pessoas também podem criar seus próprios moments, selecionando tweets específicos.
  • DM ou Direct Message: mensagens que usuários podem trocar entre si de forma privada.

Muito bem, agora que você sabe o básico sobre como usar o Twitter, vamos a algumas dicas para criar uma ótima estratégia de marketing na rede.

Utilize como uma ferramenta de aprendizado

Mesmo que a sua empresa não esteja no Twitter, a probabilidade de alguém estar falando sobre ela ou sobre a indústria é alta. Sua equipe provavelmente também faz parte da rede.

Por meio da busca do Twitter, você pode pesquisar o nome de empresas, marcas, tópicos de conversa e nomes. Não espere nada dos resultados – com certeza, você verá tweets positivos, negativos e neutros.

Se você está buscando construir uma marca forte, que agrada seus clientes, não deixe de checar as conversas por lá. Utilizar um serviço de monitoramento é o ideal.

Divulgue notícias sobre sua marca e indústria

Você pode utilizar o Twitter como uma plataforma para divulgar seus novos produtos e outras notícias sobre a empresa. Afinal, a rede social é feita para informações de última hora. No entanto, ficar só nesse tipo de conteúdo pode afastar seguidores.

Para decidir o que postar, faça uma pesquisa entre competidores. Além disso, procure testar tipos de tweets e entenda quais trazem mais engajamento. Outra dica importante é contratar profissionais que tenham familiaridade com a rede. Caso isso não seja possível, procure experimentar um pouco mais antes de postar.

Crie uma personalidade para sua marca

O Twitter é uma ótima plataforma para dar uma voz e uma personalidade à sua marca. Um exemplo clássico dos últimos tempos é a Netflix Brasil, que fala como se realmente fosse uma pessoa. Essa estratégia agrada muito seus usuários e é parte do que fez o serviço de streaming ser um dos mais conhecidos no mundo.

No entanto, é importante saber que você deve entregar ao seu público mensagens que tenham valor para ele. Como o Twitter é feito de conversas atuais, é preciso ser dinâmico, sem “postar sobre qualquer coisa”. A escolha de tom de voz depende do estilo da sua empresa e do seu público – marcas são únicas, assim como pessoas.

Ofereça atendimento ao consumidor

Além disso, outro ponto extremamente relevante do Twitter é a seu espaço para o serviço ao consumidor. Marcas podem atender pedidos e tirar dúvidas em questão de minutos, sendo parte das conversas diárias e entregando uma experiência satisfatória ao cliente.

De fato, muitas criam um perfil apenas para isso. Um exemplo é o Spotify, que tira dúvidas em tempo real pelo @SpotifyAjuda. Assim, fica fácil informar as pessoas e aliviar suas frustrações, se fazendo presente na vida delas.

Viu só como usar o Twitter para sua estratégia de marketing pode ser uma ideia incrível? Se você está procurando por outras formas de utilizar as redes sociais como parte de suas ações e do crescimento de seu negócio, não deixe de ler também este post sobre o Pinterest.

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+