conectado.jpg Em poucas horas deve chegar pelo correio um exemplar do Conectado, livro de Juliano Spyer.

Você já deve conhecer o Juliano por aqui. Há alguns anos fui impactado por um projeto dele, iniciado em 2003, o Vivasp450.com. Ele montou um case: a partir de um motivo (o aniversário de 450 anos da cidade de São Paulo e o sentimento de pertencimento), um parceiro difusor (rádio Eldorado) e um patrocinador (a Secretaria de Cultura) criou um ambiente de comunidade antes de quase todo mundo.

O VivaSP logo se tornou um maravilhoso site de conteúdo colaborativo que obteve adesão imediata e produz até hoje crônicas e fotos de qualidade. Custou muito pouco mesmo, basicamente investido no desenvolvimento de uma plataforma onde o usuário pode publicar textos e fotos livrementes e ainda escolher em que seção deve ser encaixado o conteúdo.

O resultado foi um ambiente de valor, uma campanha de comunicação que frutificou e persiste saudável e funcional até hoje, gerido pelos próprios leitores e colaboradores.

Impactado pelas idéias e os resultados obtidos pelo Juliano, foi quando pensei em uma solução semelhante para o Webinsider, um sistema onde o leitor pudesse fazer coisa parecida e publicar seus artigos. Só dois anos depois conseguimos abrir o Outrolado, ainda jovem hoje, mas totalmente grato ao Juliano pelo que ele ensinou.

Agora chega às livrarias o Conectado, o que a internet fez com você e o que você pode fazer com ela).

Juliano é um pensador e entende porque as pessoas colaboram, gratuitamente, na internet e oferecem conhecimento pelo qual normalmente cobrariam para produzir.

É um livro humanista e didático, acredito, por conhecer bem o Juliano. Assim que ler vamos voltar ao assunto.

E você, já leu e quer comentar? [Webinsider]

………………………………………………………….
Publicado pela Jorge Zahar Editor. Baixe o arquivo em PDF contendo índice e introdução de Conectado.

Compre pelos sites da Livraria Cultura, Saraiva ou Siciliano.

.

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+

  1. Niko Fernandez

    Wikinomics

    Outro livro bem bacana sobre colaboração em massa é o Wikinomics – Como a colaboração em massa pode mudar o seu negócio.

    Fala sobre cases da internet como o Flickr, Youtube e Wikipedia, e de outros cases em diversos segmentos que se beneficiaram com um modelo colaborativo de produção e inovação, como Linux e Projeto Genoma.

  2. José Paulino Neto

    Logo depois de ter lido A Inteligência Coletiva, do Pierre Levy, devorei o Conectado.
    O primeiro, de 1998, é repleto de intuições sobre a emergência do coletivo; o livro do Juliano, de 2007, é o próprio coletivo emergido. Conectado é daqueles exemplos de alta dose de informação com o tom certo de didatismo, sem um pingo de chatice. Conectado é o link certo para se entender as múltiplas singularidades do coletivo. Imperdível.