Muitas empresas e profissionais que vivem de programas de afiliados dependem do tráfego dos buscadores para atrair audiência, e consequentemente gerar vendas dos produtos e serviços que promovem. Porém, as mudanças que o Google tem feito nos últimos tempos têm obrigado muitos a buscar formas alternativas para atrair pessoas.

Veja a seguir como usar técnicas de gamification para engajar e reter audiência de forma a diminuir a dependência de tráfego vindo de buscadores ou mesmo de redes sociais.

Conteúdo

  • Reduzindo a dependência dos buscadores
  • O que é gamification?
  • Como gamification pode ajudar os sites na web?
  • Como implementar gamification com sucesso?
  • A importância de formar comunidades
  • Eventos para aprender mais sobre gamification
  • Prévia em vídeo de palestras sobre gamification

Reduzindo a dependência dos buscadores

Os programas de afiliados têm constituído uma ótima fonte de receita para muitas empresas e profissionais que vivem de sua atividade na internet.

Em grande parte, este sucesso se deve ao tráfego quase gratuito que os buscadores têm trazido para sites que promovem produtos e serviços que geram receita a partir de programas de afiliados.

Porém, as alterações que o Google tem feito nos últimos dois anos têm dificultado a obtenção de tráfego do seu buscador de forma tão fácil como acontecia antes.

Os sites mais afetados tinham grande dependência do Google porque apostaram demasiado em técnicas de SEO que nos últimos tempos deixaram de resultar. As mudanças que o Google efetuou tornaram inclusivamente mais difícil que conteúdo novo conseguisse tráfego do buscador.

O célebre princípio de não pôr todos ovos na mesma cesta já indicava que apostar demasiado em esforços de SEO seria uma estratégia arriscada, pois o Google e outros buscadores podem alterar seus algoritmos a qualquer hora, e o que funcionava antes deixou de funcionar.

Tendo isso em mente, mudar de estratégia tornou-se não só imperativo como urgente, pois quem não se adapta, morre. Assim tornou-se necessário recorrer a fontes alternativas de tráfego que não dependam tanto de fatores que os donos dos sites não controlam, como é o caso dos algoritmos e regras usadas pelos buscadores.

O que é gamification?

Muito se tem falado sobre gamification nos últimos tempos, mas ainda existe muita confusão, pois a palavra induz em erro quem não conhece o conceito. Vou tentar esclarecer.

Gamification é uma forma de motivação de pessoas que usa técnicas semelhantes às usadas em jogos. Porém essas técnicas são aplicadas em ambientes que não são jogos.

Um caso bem brasileiro do uso de gamification é o da Nota Fiscal Paulista. O governo de São Paulo criou esta iniciativa com intuito de reduzir a sonegação de impostos por parte das empresas que o faziam através da omissão de vendas.

Os consumidores são convidados a colaborarem na exigência de emissão de notas fiscais. Em compensação os consumidores recebem um crédito que vem de parte do imposto recebido pelo estado. Para além disso podem participar em sorteios e receber recompensas maiores.

Estes estímulos e recompensas constituem de fato técnicas de motivação semelhantes às usadas em jogos, só que no caso são aplicadas a algo que não é um jogo, mas sim algo real que é a devida tributação das empresas pelas vendas que realizam.

As pessoas participam voluntariamente e são recompensadas por isso. O resultado final não é um jogo, mas sim algo que já existia e pode melhorar cada vez mais à medida que mais pessoas se vão envolvendo.

Como gamification pode ajudar os sites na web?

As técnicas de gamification podem e devem ser usadas em sites na web de forma a atrair e reter cada vez mais pessoas. Porém é de vital importância compreender porque gamification funciona para entender como os sites se podem beneficiar.

A web já tem quase 20 anos, mas muitos sites funcionam de forma unidirecional, quer dizer são meros passadores de informação dos editores para os visitantes dos sites.

O que se aprendeu com os jogos é que as pessoas querem ser mais ativas e relevantes. Não querem ser meros alvos passivos de informação e propaganda. Esse é o problema de muitos sites que promovem produtos de afiliados.

É impressionante como hoje em dia muitos sites apenas divulgam artigos e nem sequer deixam as pessoas interagir e comentar sobre o que foi escrito. Nesses a oportunidade de engajar mais as pessoas é totalmente perdida.

Mesmo muitos dos sites de artigos que permitem que as pessoas comentem proporcionam um nível de engajamento fraco. Aqui mesmo no Webinsider se nota que alguns autores nem sequer respondem aos comentários que os seus leitores fazem. Assim as pessoas deixam de ter vontade de comentar e a possibilidade de engajamento se anula totalmente.

Recentemente temos visto empresas da mídia tradicional se revoltando contra redes sociais alegando que lhes estão “roubando” a audiência. A verdade é que se as pessoas ficam nas redes sociais é porque lá se divertem e se satisfazem mais.

Essas empresas deveriam se focar em proporcionar melhor entretenimento às pessoas em vez de reclamar das redes sociais. Isso vale para qualquer site na web.

Quando um site oferece algo que uma pessoa quer muito, as pessoas simplesmente grudam no site. O mesmo acontece com jogos. Milhões de pessoas grudam nos jogos porque eles oferecem o que as pessoas querem. Da mesma forma, se forem usados princípios de gamification em sites, as pessoas vão grudar nos sites.

No caso dos sites que promovem produtos de afiliados o maior problema é que muitos são meramente expositores de produtos em busca de vendas imediatas. Se a pessoa vem ao site e não vê nada que a faça voltar, o visitante é perdido talvez para sempre.

Os sites deveriam se focar em reter as pessoas de forma voluntária, quer dizer dar motivos para que elas voltem por livre e espontânea vontade. Quando um site consegue isto, as pessoas voltam sem sequer passar por um buscador. E assim se consegue crescer uma comunidade de usuários potenciais compradores de produtos de afiliados, sem depender tanto de buscadores.

Como implementar Gamification com sucesso?

O principal que faz com que gamification funcione é permitir que as pessoas possam participar nos sites de forma ativa. Para além disso é importante que as pessoas sejam recompensadas pelas suas boas participações.

Existem várias formas de recompensar as pessoas. Muitos podem pensar que recompensar é necessariamente pagar um valor em dinheiro, oferecer prêmios ou algo de valor financeiro a quem participa. Porém acredite que essa não é a melhor das formas de recompensar as pessoas.

Existem três outras formas melhores de recompensá-las: dando mais status, acesso e poder. Dar status é dar mais oportunidades para as pessoas terem mais visibilidade, obter reputação e reconhecimento pelas suas boas participações.

Dar mais acesso é proporcionar oportunidades para as pessoas terem acesso a mais conteúdo ou recursos adicionais do site exclusivos para quem merece.

Dar mais poder é proporcionar meios para as pessoas poderem ter maior influência e decisão sobre o que acontece nos sites. Por exemplo alguns sites permitem que determinados usuários possam ter poderes de moderação sobre o conteúdo a ser publicado.

Uma vez implementados meios de fornecer estes tipos de recompensas, fica fácil engajar cada vez mais pessoas em qualquer tipo de site.

A importância de formar comunidades

Recompensar as pessoas de alguma forma é apenas um meio de as motivar. Porém o fim que se pretende é engajar cada vez mais pessoas.

Então, melhor do que pensar em motivar indivíduos oferecendo recompensas pelas atividades que eles realizam sozinhos, é pensar em atividades que eles possam participar interagindo uns com os outros. No final o que temos como resultado é a formação de comunidades constituídas por pessoas com interesses comuns.

As comunidades são na verdade grupos de pessoas que fornecem algo de valor uns para os outros. Uns são fornecedores e outros são consumidores daquilo que os fornecedores oferecem.

Então o ideal é pensar em atividades que possam recompensar as pessoas pelo que eles fornecem uns aos outros, não apenas porque isso reduz os custos das iniciativas para engajar as pessoas, mas também porque elas vão ter um maior sentido de autonomia e relevância alcançado por méritos próprios. Isso as motiva ainda mais a participar.

Eventos para aprender mais sobre gamification

A razão que me permitiu escrever este artigo é que nos últimos 14 anos tenho trabalhado num site chamado PHP Classes, que desde o seu início em 1999 usa princípios de gamification para engajar usuários nas atividades do site.

Eu sou desenvolvedor e uso a linguagem PHP para criar sites desde 1997. Eu sempre desenvolvi componentes de programação com o intuito de os poder reutilizar em vários sites, e assim reduzir os custos de desenvolvimento desses sites.

Em 1999 eu decidi criar o site PHP Classes para compartilhar esses componentes com outros colegas para poder receber feedback caso eles achem defeitos ou tenham sugestões para melhorias.

A ideia resultou de forma tão legal que decidi abrir o site para que outros pudessem também compartilhar os seus componentes, e assim uma comunidade maior pudesse beneficiar com a partilha de conhecimento entre todos.

Desde o inicio o site usou princípios de gamification para motivar que cada vez mais programadores partilhassem o seus componentes. O site cresceu tanto que hoje tem cerca de 1,2 milhões de assinantes vindos de todos cantos do mundo.

A minha experiência no assunto levou a que fosse convidado para palestrar no evento Afiliados Brasil 2013 no dia 31 de maio próximo. A organização do evento foi gentil em fornecer um código que desconto de R$100 exclusivo para os leitores do Webinsider que se inscrever no evento até ao dia 20 de Maio.

Para quem não puder participar no evento Afiliados Brasil, também poderá assistir a um seminário via web chamado Gamification Bootcamp 2013 organizado pela empresa Conversologie para o qual fui convidado para palestrar em inglês sobre o mesmo assunto de forma mais extensiva no próximo dia 16 de maio.

Este seminário inclui vários outras palestras  de outros peritos em gamification. Os ingressos para cada uma destas palestras podem ser adquiridos aqui individualmente ou em conjunto com desconto.

Prévia em vídeo de palestras sobre gamification

Como este é ainda um tópico um pouco desconhecido e muitas pessoas não sabem como podem se beneficiar de iniciativas que usam gamification, achei melhor gravar uma prévia em vídeo com parte do que vai ser cada uma das palestras.

Espero poder encontrar vocês lá nestes eventos para trocar ideias sobre gamification, mas se não for possível fique à vontade para comentar abaixo sobre este artigo.

[Webinsider]

…………………………

Leia também:

…………………………

Conheça os cursos patrocinadores do Webinsider

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+