A mudança de carreira é sempre uma etapa arriscada. Por mais que possa parecer algo simples, envolve tempo e dinheiro. E quem deseja fazer essa mudança, deve fazer uma auto avaliação.

Essa avaliação irá ajudar a aprender mais sobre seus interesses, valores relacionados ao trabalho, personalidade e aptidões. Todas essas questões irão ajudar na mudança de carreira. Mas como avaliar isto de forma correta?

Porque mudar de carreira?

Antes de tudo, é necessário pensar a razão da mudança de carreira. Mesmo para quem começou a pouco tempo no mercado de trabalho, não há garantias que a carreira escolhida será a mesma para o resto da sua vida.

Em 2016, uma pesquisa realizada pela Dale Carnegie Training mostrou que 45% dos profissionais entrevistados queriam mudar de carreira em 2017. E segundo a pesquisa, essa vontade de mudança está diretamente relacionada a satisfação.

Ao longo da sua trajetória profissional, podem surgir vários motivos para a mudança de carreira. Insatisfação com a indústria, salário baixo, falta de reconhecimento profissional e muitos outros motivos.

O que deve ser avaliado na mudança de carreira?

É comum querer mudar de ares e a ideia sempre parece emocionante. Mas também é assustadora.  Este passo deve ser feito com cuidado, então veja o que deve ser avaliado na mudança de carreira.

  1. Comece com um motivo

Muitas pessoas sabem que odeiam seus empregos, mas não há nada além disso. Você precisa deixar claro o motivo e o porquê de começar a trabalhar em algo novo.

Caso contrário, você irá parar no mesmo ponto: Em um emprego que odeia. Então, qual o motivo do seu esforço em mudar de carreira?

Pense nas seguintes questões: por que eu quero isso? Por que eu acho que essa nova carreira irá melhorar a minha vida? Quais são as vantagens de mudar? E as desvantagens e riscos?

Ao pensar nos seus motivos, você terá dois caminhos. Pode perceber que as coisas, na verdade, podem não ser tão atraentes quanto você pensou. Ou o caminho se tornará mais fácil e terá mais coragem para segui-lo.

  1. Faça uma pesquisa sobre a área pretendida

Também é importante avaliar e identificar uma indústria que seja forte ou em crescimento. Além disso, é importante que sua próxima área tenha a ver com seus conhecimentos.

Se ainda não tem certeza sobre quais são as áreas mais fáceis para se mudar, procure pessoas que tenham um cargo semelhante ao pretendido. Procure e pesquise bastante antes de tomar a decisão final.

Uma boa dica é se inscrever em blogs e newsletters de sites que tenham a ver com o setor, fazer conexões em grupos e redes sociais, e ir a eventos ou feiras sobre a área, assim você irá aprender mais e conhecer novas pessoas.

  1. Escolha um alvo, não cinco

Ao realizar a mudança de carreira, é comum estar em dúvida sobre qual área migrar. Por isso, é essencial escolher um alvo só. Mudar de carreira já é difícil por si só, e ficar em dividido em diversas áreas não irá ajudar.

A pesquisa acima leva tempo. Agora imagine fazer a mesma pesquisa para várias áreas. Acredite, você irá envelhecer antes do tempo. Mencionando que você precisa mudar seu currículo e perfil profissional, para que estejam alinhados com o setor pretendido.

Faça um favor a si mesmo e baseie sua pesquisa em um mercado só. Se estiver mudando somente de indústria, tente ficar na mesma função – ou seja, se você trabalha com vendas para uma indústria, almeje trabalhos de vendas no setor que está indo.

A mudança de carreira é desafiadora, e não pode ser feita de uma hora para outra. Faça de forma gradativa, avaliando suas possibilidades. Atropelar etapas é prejudicial.

  1. É a hora certa de uma mudança de carreira?

Se você sente que não está trabalhando na área certa, pode ser a hora exata de considerar uma mudança de carreira. No entanto, tire um tempo para ter certeza de que esta escolha é a certa para você e sua família, preparando-se para uma transição mais tranquila o possível.

Algumas questões que podem definir se é a hora da mudança de carreira são:

  • A minha empresa atual oferece condições de crescimento profissional? Sou estimulado o suficiente para conseguir este crescimento?
  • Vou perder mais se sair ou se ficar? Caso tenha família, eles têm recursos de capacidade de acompanhar a mudança?
  • Que tipo de novo emprego eu quero?
  • Quais são as vagas abertas atualmente? O mercado escolhido está acessível.

Todas essas questões irão dar uma resposta definitiva. O maior conselho para quem quer mudar de carreira é ter certeza para onde está indo.

  1. Você tem as habilidades certas para a mudança de carreira?

Mudar de área é bastante difícil, como já citamos acima, mas a principal questão é: Você está pronto para mudar e realizar o trabalho escolhido? As habilidades necessárias do seu atual trabalho podem ser bem diferentes no novo trabalho.

Por exemplo: recepcionistas e gerentes podem compartilhar habilidades e características semelhantes. Eles coordenam assuntos do escritório, se comunicam com clientes e ajudam na organização geral da empresa.

Mas a transição de um trabalho operacional para um cargo mais alto requer habilidades diferentes. Ao fazer a transição de mudança, procure sempre indicadores que ajudam a determinar a melhor habilidade desejada na futura carreira.

Veja também: Carreira profissional multidisciplinar: Os novos desafios do mercado de trabalho

Adquira mais experiência antes de mudar completamente

Independentemente do campo que escolher, você precisa descobrir como fazer essa ponte para a nova carreira. Você fará um estágio? Trabalho voluntário? Trabalho freelance em tempo parcial?

São ótimas formas de começar a fazer a transição, principalmente para quem já está na casa dos 40 anos, onde o mercado se mostra mais resistente. Mostrar confiança e experiência na área é essencial para realizar a mudança de carreira.

A decisão final

Todas as ferramentas do mundo não podem ajudá-lo a tomar a decisão final de ficar ou sair. Esta é uma decisão muito pessoal. Olhe seus prós e contras para ficar e compare-os com os prós e contras para sair.

Mas lembre-se sempre: Quem constrói o caminho para o seu futuro é você mesmo. Se acha que é hora de uma mudança de carreira, siga em frente. O futuro da sua carreira sempre está nas suas mãos.

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+