triadeCom a evolução da internet, das redes sociais e da qualidade da banda larga, muitos profissionais optaram por trabalhar remotamente. E eu faço uma aposta: em alguns anos esse vai ser o padrão para muitas carreiras.

Desde que comecei profissionalmente em meados de 2002 optei por esse modelo, passei por muitas dificuldades, porém tive muitas alegrias e hoje tenho a total convicção que fiz a escolha certa.

Muitos clientes e parceiros profissionais que atuavam em empresas também migraram para o home office, seja por causa de demissões, por desejar novos desafios ou para ter mais qualidade de vida.

Assim, os nichos de conhecimento ganham cada vez mais relevância no mercado.

Essa não é uma ideia nova

Buscar as habilidades de um profissional, existe desde o início da sociedade. Quando um guerreiro na Idade Média queria uma armadura de alta qualidade, dirigia-se ao ferreiro indicado; quando algum nobre queria educar o seu filho, encaminhava-o para um tutor de renome.

E assim foi com diversas profissões. A única diferença é que já não precisamos percorrer tantas estradas, hoje os caminhos são online.

Pare e pense um instante: se a internet deixasse de existir, quantos prejuízos ou dificuldades você teria no seu cotidiano e na rua rotina profissional?

Pois é.

Eu precisaria me reinventar completamente.

Mas não vejo isso como um cenário provável – exceto se acontecer alguma grande catástrofe­.

A importância do branding e do marketing pessoal (e das indicações, é claro!)

Voltando aos nichos de conhecimento, cada profissional precisa atuar como uma empresa, com as mesmas responsabilidades, confiabilidade e qualidade.

E também precisa saber “se vender” da maneira correta.

Veja: além de escritor eu sou editor e analista de conteúdos, por isso a informação é tão importante para mim. E é por isso que escrevo tantos posts, artigos e afins, para apresentar o meu potencial para quem ainda não conhece o meu trabalho.

Tenho como objetivo solidificar a minha marca e torná-la memorável – acho que todos deveriam buscar isso.

Diferente de um profissional que almeja uma vaga em uma empresa, no caso dos empreendedores, o currículo não tem tanto peso. Vale muito mais um bom portfólio.

Os clientes não se importam tanto com a sua formação ou onde você trabalhou, mas sim se você é capaz de desenvolver as soluções necessárias para o seu negócio.

E um cliente satisfeito é o melhor disseminador dos nossos produtos e serviços.

Infinitas possibilidades de trabalho em conjunto

trabalho-em-equipe

Com a flexibilidade e a liberdade do home office, podemos escolher os melhores parceiros e fornecedores para cada solução que criamos.

Com isso, a nossa equipe online sempre será formada por profissionais relevantes. Atuo assim em diversos projetos como o Webinsider e a Editora Draco, onde cada um usa a sua expertise e habilidades para gerar conteúdos muito legais.

Enfim, muitos dizem que a tecnologia veio para desequilibrar as relações trabalhistas, causando até mesmo desemprego. Eu a vejo como uma ferramenta que possibilita alcançar novas oportunidades antes intangíveis.

Seja você um pequeno produtor de frutas orgânicas que deseja vender para outros estados ou para o exterior, um dono de uma gráfica on demand, ou um produtor de conteúdos.

Há espaço para todos que se propõem a trabalhar com criatividade e seriedade.

Vamos juntos nessa?

Até mais! [Webinsider]

…………………………

Leia também:

…………………………

Conheça os cursos patrocinadores do Webinsider

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+