Todos os dias, o mundo realiza 3,5 bilhões de pesquisas no Google. O resultado é uma base de dados gigantesca – e tudo isso está disponível para consulta no Google Trends. Quem é apaixonado por pesquisas, comportamentos e marketing tem motivos de sobra para gastar horas na plataforma.

O site oferece uma visão geral sobre qualquer tópico, pessoa, evento ou localização que você imaginar. O layout é atraente e divertido, com fácil visualização das informações. Tem tudo o que poderíamos desejar, basicamente.

Mas o que é o Google Trends, exatamente? Ele foi feito apenas para brincarmos com os resultados? Muito longe disso. A ferramenta tem poder para decifrar o comportamento dos consumidores e ser aliada na hora de criar estratégias.

Neste artigo, vamos entender o que é Google Trends, quais coisas legais você pode fazer por lá e como exatamente utilizá-lo em sua estratégia.

o que é google trends

O que é Google Trends

O Google Trends é uma ferramenta totalmente online e gratuita na qual o usuário pode procurar uma ou mais palavras-chave, assuntos ou frases e descobrir quantas vezes foram pesquisadas em determinado período ou local.

Para funcionar, o Trends analisa uma porção das pesquisas feitas no Google a fim de computar quantas vezes as pessoas buscaram a palavra ou expressão relativamente ao número total de buscas do Google no mesmo período.

Por isso, ele não oferece a quantidade exata de buscas, mas sua expressividade em meio à amostra de buscas totais do mecanismo. O próprio Google avisa que os resultados podem ter imprecisões.

É possível procurar até cinco palavras ao mesmo tempo e comparar os resultados entre eles. Quando você busca, um gráfico é criado (e pode ser compartilhado ou embedado, como acima, além de exportado em .csv).

O Google Trends ainda possui uma funcionalidade que lista os assuntos quentes do momento em qualquer país. Assim, entrando na home do Trends, você fica por dentro das principais notícias e pode entender o que as pessoas estão buscando referente a isso.

Outro item legal é o “Pesquisas do Ano”, que é uma espécie de retrospectiva de vários anos passados baseada nas pesquisas que as pessoas mais fizeram.

Segundo o próprio Google, o Trends tem um objetivo maior. Ele é parte de um esforço do gigante da tecnologia para colocar as notícias no centro do consumo de informação da internet. Junto de várias outras ferramentas, forma uma grande área que se empenha em fazer o jornalismo prosperar no mundo digital.

Uma das ações é a de fornecer inteligência e conteúdo educativo. Por isso, você pode fazer cursos gratuitos sobre o Trends e outras plataformas aqui (em inglês).

Agora que você entende o que é Google Trends, vamos a algumas dicas sobre seu uso.

Compare resultados no Google Trends

Uma das funcionalidades mais bacanas da plataforma é, sem dúvidas, a de comparar resultados. Veja essas modalidades:

Compare entre línguas

Se você buscar um termo em caracteres latinos, você só verá resultados das regiões que os usam e vice-versa. Se você pesquisar, por exemplo, “ねこ,” que significa “gato” em japonês, não haverá dados para o Brasil.

Para comparar resultados entre japonês e português, combine os dois termos com um “+”: ”ねこ + gato.”

Compare entre locais

Se sua empresa tem atuação em mais de um país, é possível que você queira pesquisar termos nos dois locais e compará-los. Para isso, é possível alterar filtros de cada um dos termos. Basta digitar duas vezes uma pesquisa e clicar nos três pontos ao lado de uma delas. As opções de Alterar Filtros vão aparecer – basta selecionar outro país.

Compare entre períodos

Da mesma forma, é possível alterar o período de uma das buscas para saber em qual ano o termo foi mais buscado, por exemplo.

Como utilizar o Google Trends para fortalecer sua estratégia

Alguns passos para impulsionar seu marketing com o Google Trends:

Comece com um termo de pesquisa

Limite a pesquisa para o local em que você atua. Depois, escolha um termo para começar a pesquisa, que seja diretamente ligado ao seu produto ou serviço. Ao pesquisar “fotografia”, você verá quais meses do ano essa atividade é mais forte.

Agora, se selecionarmos os resultados de 2004 para cá, veremos uma tendência mais consolidada – nesse caso, parece ter tido um pico em 2009/2010 e depois caiu novamente.

Explore locais, regiões, outras datas, solte a imaginação. Muitos insights podem sair dessa “brincadeira”.

Especifique

Resultados mais específicos podem trazer ainda mais ideias. “Fotografia” é um termo bem genérico, que pode ser relativo a vários produtos, serviços e conteúdos. Por isso, escolha agora palavras menos abrangentes.

Não deixe de utilizar as comparações que ensinamos acima. Isso pode oferecer uma visão mais profunda sobre as ideias da audiência. Por mais que você não venda Polaroids, por exemplo, essa pesquisa pode dar uma dimensão que você nunca tinha pensado antes:

Navegue pelas Top Trends

Jamais ignore essa funcionalidade. Mesmo quando os assuntos do momento não têm a ver com a sua área, pode ser que haja oportunidades entre eles. Você ainda pode restringir por tópico, como Futebol, Comida ou Filmes, por exemplo. Essa é uma função importante para compreender o contexto em que seu negócio se encaixa, assim como os Trending Topics do Twitter.

Aplique

Mas não adianta nada navegar por lá sem aplicar o que aprendeu. Com base nas pesquisas, quais mudanças você pode fazer para atingir essa audiência maior? Quais comportamentos inesperados têm a ver com a sua audiência e como atendê-la?

Suas campanhas de marketing digital com certeza serão mais efetivas quando você descobrir os interesses de quem utiliza o Google (praticamente todos nós).

E já que está por aqui, que tal compreender a diferença entre Marketing e Publicidade?

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+