Creio que esteja claro para todos os leitores: vivemos em tempos de alta concorrência. Há muitas pessoas capacitadas e o sucesso das empresas e carreiras, muitas vezes, define-se nos detalhes.

Gostaria de compartilhar com vocês dois destes detalhes que fazem diferença em nossa vida profissional e, para tal, usarei duas historias para ilustrar.

Em uma fazenda havia várias galinhas poedeiras. No galinheiro havia o sistema que, quando a galinha punha um ovo, ele rolava suavemente para o cesto. Uma das galinhas era escandalosa, a cada ovo botado, cacarejava como uma louca. Ao lado desta, tinha uma também eficiente, poedeira profissional, executava a tarefa que lhe cabia com maestria, punha ovos tranquila, calada, certa do seu trabalho e eficiência.

Certo dia o fazendeiro precisou abater uma galinha. Pediu ao seu funcionário para pegar a com menos produção de ovos. O peão não teve dúvidas e lançou mão da mais caladinha.

Moral da história: “Galinha que não cacareja, não bota ovo”.

Esta metáfora é simples de entender. Não adianta você ser eficiente, produzir com qualidade se o seu trabalho não for notado. Em algumas empresas o trabalho individual se dilui no meio de tantos outros e isso dificulta a visibilidade do funcionário. Aos olhos do chefe, seu esforço pode estar invisível.

Não é preciso nem recomendado fazer alarde ou escândalo a cada “xerox” tirado, mas, tenha em mente: tornar seu trabalho visível é uma tarefa exclusivamente SUA.

Elaborar bons relatórios, e-mails com os progressos do serviço, apresentações, investir um tempo de seu dia em registrar coisas relevantes que fez e, de tempos em tempos ou ao final de cada etapa, enviar essas informações por e-mail para seu superior imediato, para o gerente do projeto ou para quem você considerar pertinente receber tal informação são boas práticas.

Não faça “malabarismos”, ninguém gosta de exibidos, mas… cacareje de alguma forma.

A segunda narrativa é tida como verídica e é atribuída a um dos Césares. Este conquistador precisou se ausentar por um ano em batalhas pelo seu império. Quando retornou, contaram-lhe que sua esposa o havia traído, pois ela era muito “saidinha” e festeira. César indagou sua guarda pessoal sobre o assunto. Os soldados garantiram: a esposa do imperador não o havia traído, pois eles não se apartaram dela em momento algum.

Depois de refletir um tempo, César mandou matar a mulher e justificou-se: “Não basta a mulher de César ser fiel, ela deve parecer FIEL”.

Ser eficiente é importante, mas tão importante quanto ser eficiente é PARECER eficiente. Ter sua mesa arrumada, vestir-se de forma correta, tratar os clientes com maturidade e assertividade, demonstrar interesse pelos projetos, revisar seus textos, ou seja, dar valor ao marketing pessoal.

Estes são detalhes que podem fazer a diferença entre uma carreira de sucesso e o ostracismo. [Webinsider]

. . . .

Generic Category (Portuguese)640x480

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+

  1. Eduardo Massami Kasse

    Fábio, parabéns!

    Gostei muito das analogias e da mensagem: só evolui a carreira daquele que consegue o equilíbrio entre profissionalismo – eficiência – marketing pessoal.

    Hoje, temos muitos bons profissionais no mercado, então, a análise que deve ser feita é: como se destacar?

    Discordo totalmente daqueles cujos atos são baseados no “puxassaquismo” e no “fazer média”, mas apoio e tomo como prática pessoal as interações, as comunicações.

    Além de divulgar nossos projetos, atos e resultados, sempre aprendemos com os feedbacks e comentários.

    E esse é o maior valor do mercado moderno: o conhecimento!

    Prosperidade.

  2. Nerdanderthal

    Muito boas e claras as estórias usadas para figurarem o fato.
    Na prática, é isso mesmo que acontece: se não fizermos a nossa “propaganda” pessoal, jamais seremos notados.
    Já que foi usado, em uma das estórias, o galinheiro, permite-me acrescentar que, o galo que transa com maior número de galinhas, é realmente o que canta mais alto.
    Tenho dito.
    Abraço ao amigo Ayçar

  3. Cleber Gomes

    Excelente!!! Fábio,
    suas dicas são fundamentais para o sucesso. É fato concreto vc comentar algumas idéias com um suposto colega e ele passar para um superior como se fosse dele e receber os louros. Na verdade é preciso “cacarejar” para pessoa certa. Só assim o marketing pessoal melhora.

  4. Marcus Vinícius

    Ótimos conselhos! Modéstia e sensatez são muito importantes, porém é necessário, principalmente em um mercado de trabalho competitivo, fazer com que suas ações sejam notadas e reconhecidas.
    Abraços e sucesso!!

  5. Cleber Gomes

    Excelente Fábio!!!
    é fato concreto vc comentar algumas idéias com um suposto colega e este passar para um superior como o autor para receber os louros. É necessário “cacarejar” para a pessoa certa.
    Abraços e muitas prosperidades.