Você sabe a real diferença de publicidade e propaganda? Apesar dos dois termos serem considerados sinônimos por muitas pessoas, há diferenças claras entre eles e é importante entende-los.

Porém, é importante saber que ambas têm o mesmo objetivo: fazer um negócio vender mais. Mas a forma como isso é feito é o que diferencia publicidade e propaganda. Vamos, então, entender mais sobre isso.

O que é publicidade?

Para começar, vamos entender o que é publicidade. A publicidade é um meio de comunicação com os usuários de um produto ou serviço. Os anúncios são mensagens pagas por aqueles que os enviam e se destinam a informar ou influenciar as pessoas que os recebem.

A publicidade está sempre presente, embora as pessoas possam não estar cientes disso. No mundo de hoje, a publicidade usa todas as mídias possíveis para transmitir sua mensagem. Ele faz isso via televisão, impressão (jornais, revistas, revistas etc.), rádio, imprensa, internet, venda direta, painéis, concursos, patrocínios, cartazes, roupas, eventos, cores, sons, visuais e até pessoas (endossos).

O setor de publicidade é formado por empresas que anunciam, agências que criam anúncios e a mídia que veicula os anúncios. Além de uma série de profissionais, como editores de textos, visualizadores, gerentes de marcas, pesquisadores, chefes de criação e designers, que levam a última milha ao cliente ou receptor.

Uma empresa que precisa se anunciar e/ou seus produtos, contrata uma agência de publicidade. A empresa informa a agência sobre a marca, suas imagens, os ideais e valores por trás dela, os segmentos-alvo e assim por diante.

As agências convertem as ideias e conceitos para criar visuais, textos, layouts e temas para se comunicar com o usuário. Após a aprovação do cliente, os anúncios vão ao ar. Isso, de acordo com as reservas feitas pela unidade de compra de mídia da agência. marketing, propaganda e publicidade

Conceito de propaganda

A propaganda é utilizada para persuadir alguém a seguir determinada ideia ou causa, que pode ter fins ideológicos. As propagandas são conhecidas por utilizarem recursos de apelo psicológico, mexendo com emoções e opiniões das pessoas.

A propaganda é algo intencionalmente propagado para mudar ou controlar as opiniões do público em geral. O Dr. Cantril, professor de psicologia na Universidade de Princeton, define como a “expressão de opinião ou ação de indivíduos ou grupos deliberadamente designados para influenciar opiniões ou ações de outros indivíduos ou grupos com referência a fins predeterminados”.

A propaganda funciona através da utilização de emoções. Que podem ser atiçadas através de imagens, slogans e um uso seletivo da informação, ou controle e censura dos fatos.

A propaganda política moderna, especialmente os anúncios de ataque que criam uma impressão negativa sobre determinado candidato, são exemplos de propagandas utilizadas de forma emocional.

mercado de publicidade

Então, qual a diferença entre publicidade e propaganda

Publicidade incentiva o seu desejo por bens de consumo, serviços e ideias, usando imagens sugestivas e legendas. No entanto, a motivação para comprar o que é anunciado pode derivar da crença promovida pelo que é propaganda.

Através dessa crença, a propaganda influencia você emocionalmente para comprar certos produtos, serviços e ideias. Os anunciantes usam seus desejos latentes para serem ricos, mais bonitos ou mais populares para “direcionar” seus hábitos de compra.

A propaganda é usada pelos anunciantes para influenciar os gastos do consumidor apresentando o que é “desejável”.

Marketing, propaganda e publicidade

Você sabe diferenciar marketing, propaganda e publicidade? Agora que já vimos a diferença dos dois últimos, vamos entender o primeiro.

O marketing é o planejamento, implementação e controle sistemáticos de uma mistura de atividades comerciais destinadas a reunir compradores e vendedores para a troca ou transferência mutuamente vantajosa de produtos.

É um processo passo a passo, que começa com uma proposta única de venda – uma frase convincente que descreve seu negócio. Essa proposição, então, atua como um tema orientador ou uma missão, que ajuda a identificar clientes-alvo interessados ​​em seus produtos e serviços.

Depois de descobrir quem é seu público-alvo, seu plano de marketing irá ajudá-lo a mapear uma estratégia para melhor posicionar seus produtos e serviços.

E depois que essas estratégias e táticas forem desenvolvidas, você estará pronto para se concentrar em uma estratégia de publicidade que ajudará a explicar, ensinar e promover seus produtos e serviços para diferentes públicos de cinema, televisão, jornais e revistas, Internet e outros meios.

A melhor maneira de distinguir entre publicidade e marketing é pensar em marketing como uma torta, dentro dessa torta você tem fatias de publicidade, pesquisa de mercado, planejamento de mídia, relações públicas, preços de produtos, distribuição, suporte ao cliente, estratégia de vendas e envolvimento da comunidade.

Agora, vamos diferenciar de vez marketing, propaganda e publicidade! Entenda que o marketing é um processo que leva tempo e pode envolver horas de pesquisas para que um plano seja eficaz. Pense no marketing como tudo o que uma organização faz, para facilitar uma troca entre empresa e consumidor.

O que faz um publicitário?

Outra forma de também entender mais sobre a diferença de publicidade e propaganda, é entender o que faz um publicitário. O publicitário é conhecido principalmente por sua criatividade, além dos altos conhecimentos em comunicação e marketing.

Além disso, é responsabilidade do publicitário fortalecer a imagem de uma empresa, comunicando seus produtos, ideias e projetos.

Mas o que faz um publicitário na prática é a realização de campanhas publicitárias, estratégias de vendas, manter uma imagem positiva da empresa, definir logotipos, embalagens, etc.

O publicitário também escolhe o meio de comunicação no qual será veiculada a publicidade. Além do tamanho e formato do anuncio em mídias impressas e digitais.

o que faz um publicitario

Como está o mercado de publicidade?

Agora que já sabe o que faz um publicitário, vamos falar um pouco sobre o mercado de publicidade. Com a chegada e crescimento das redes sociais, as empresas não apostam tanto quanto antes no mercado de mídia tradicional.

No mercado internacional, o mercado digital já ultrapassou a TV. Mas ainda assim, o Brasil ainda continua investindo na TV, já que em 2017, o brasileiro bateu recorde de consumo de TV, segundo o Kantar Ibope Media.

Porém, poucas empresas têm recursos para fazer publicidade em TVs. Por isso, publicitários estão investindo mais no mercado digital, já que a capacidade de mensurar os resultados é muito maior e o investimento é bem menor do que mídias tradicionais.

E essa é uma tendência que só cresce no mercado de publicidade. Afinal, as empresas já estão compreendendo a diferença de publicidade e propaganda, e as redes sociais podem ser a maior ferramenta publicitária de uma empresa.

E você, conseguiu identificar a real diferença de publicidade e propaganda? Deixe seu comentário abaixo sobre o assunto!

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+