Um dos grandes benefícios do surgimento da internet foi a possibilidade de conectar pessoas independente de sua localização – o que gera inúmeras oportunidades de negócio. Seja para conquistar uma renda extra ou ser seu próprio patrão, programas de afiliados estão dentre essas oportunidades.

Esses programas funcionam em forma de rede, colocando produtores de conteúdo, anunciantes, afiliados e consumidores em contato, com benefícios para todos. Mas como exatamente isso dá certo?

Neste artigo, vou explicar o que são programas de afiliados e como você pode utilizá-los para fazer seu e-commerce crescer quanto para encontrar uma nova fonte de renda para o seu site.

O que é programa de afiliados

Programas de afiliados são sistemas que permitem que lojas vendam seus produtos em sites de terceiros (afiliados ou publishers) por meio de banners ou outros links. Quando uma compra é efetuada por aquele meio, o responsável pelo site ganha uma taxa de comissão.

E-commerces de todos os tipos utilizam programas de afiliados, como o Submarino, por exemplo. Lojas menores também podem se beneficiar.

Para que isso funcione, é preciso desenvolver uma plataforma de gerenciamento. Mas essa não é a única opção: existem fornecedores desse tipo de serviço, como Hotmart, Uol Afiliados e Lomadee. programa de afiliados

Como funcionam os programas de afiliados

Para que essa troca de serviços funcione, é preciso ter anunciantes (lojas e-commerce) e sites com espaço para anúncios (que podem ser influenciadores, blogueiros, colunistas, criadores de cursos online, consultores, etc).

As plataformas oferecem informações sobre os participantes e colocam os produtos à disposição para que produtores possam encontrar anunciantes perfeitos para eles. Os links de divulgação também são gerados pela empresa que oferece o sistema de afiliados.

Ou seja: toda a tramitação é feita dentro do serviço e por isso é importante escolher a plataforma de programa de afiliados que mais atenda às suas necessidades, seja você anunciante ou afiliado.

Mas quais são os benefícios envolvidos?

Para a loja, é interessante pela exposição maior dos produtos sem necessariamente investir em novos sites e campanhas de marketing. Além disso, é possível escolher produtores que tenham a ver com o público, o que pode aumentar a conversão dos anúncios.

Dessa forma, é possível aumentar as vendas alcançando consumidores mais qualificados. Ou seja, que já estão aptos a comprar algum dos seus produtos, com base nos assuntos que os interessam. É possível adicionar uma série de canais de divulgação sem custo. Um detalhe: se o usuário clicar no link mas comprar em outra ocasião, a comissão não será computada.

Para o afiliado, a possibilidade de renda extra é clara. Para quem tem negócios digitais ou produz conteúdo para a internet, participar de programas de afiliados é uma ótima oportunidade de trabalhar de casa e gerar uma renda extra sem muito esforço.

Basta se cadastrar na plataforma, inserir seus dados e escolher os produtos que mais tenham a ver com a sua audiência. Com o link especial em mãos, você divulga como preferir e toda vez que alguém comprar por ele, você recebe comissão. Em alguns casos nem é preciso ter empresa aberta.

Confira a seguir algumas dicas para ter sucesso como anunciante ou como afiliado.

Dicas para anunciantes em programas de afiliados

A primeira coisa que você precisa saber é que os programas de afiliados podem aumentar significativamente os acessos aos seus produtos. Entretanto, isso não significa necessariamente que as vendas vão subir.

Para garantir bons resultados, estruture bem o seu site. Veja se todos os links funcionam, se as fotos têm boa qualidade e se a página convence o usuário a adquirir o produto de forma geral. Sem estratégias eficientes na estrutura do seu e-commerce, o programa de afiliados pode não surtir o efeito desejado.

Dicas para afiliados

Você descobriu os programas de afiliados e tudo parece uma mina de ouro, certo? Se você não tiver as estratégias certas, nem sempre isso será verdade. Veja nossas dicas para se dar bem e ganhar dinheiro com os sistemas de afiliados:

  • Se você tem um blog, escolha produtos que tenham a ver com os temas que você fala. Um post sobre flores não vai gerar tráfego para compra de itens de pet shop, por exemplo. É preciso que o anúncio esteja conectado à audiência. Algum conhecimento de SEO pode ajudar nessa hora – veja aqui.
  • Além do seu site, você também pode escrever para blogs parceiros e colocar os seus links no post. Avalie se há outros produtores que topariam uma parceria e troque guest posts com eles.
  • Mas nem todo afiliado precisa ter um blog. Pode ser que a sua presença online seja forte nas redes sociais, por exemplo. Você pode utilizá-las para divulgar seus links, bem como fazer anúncios segmentados para determinadas audiências.
  • Por falar em anúncios, você também pode divulgar os produtos dos seus anunciantes pelo Google Adwords. Não é preciso ser dono de site ou ter presença nas redes sociais, basta escrever um anúncio e publicar. Avalie, entretanto, se o valor do anúncio valerá à pena frente à comissão oferecida. Se você ainda não sabe utilizar o Adwords, o próprio Google oferece cursos e certificações.
  • Outro meio muito difundido na divulgação de produtos de afiliados é o e-mail. Se você tem listas de contato com uma boa audiência para seus produtos, não deixe de criar e-mails para essas pessoas. No entanto, cuidado para não se tornar spam: evite enviar muitos e-mails, não compre listas e não seja “vendedor” demais.

Ganhando dinheiro na rede

Viu só como os programas de afiliados podem ser uma boa alternativa, tanto para pessoas físicas quanto empresas? A internet possibilita muitos formatos de geração de renda, basta escolher aquele que mais tem a ver com você.

Saiba aqui como escrever para o Google sem esquecer das pessoas que estão lendo.

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+