Ser empresário no Brasil é ter um sonho ou não ter opção?

Nova Escola de Marketing
22 de setembro de 2017

Por escolha ou falta dela, o novo empresário deve desenvolver uma visão real do que está acontecendo, para que possa dar um passo consistente e sustentável.

Ser empresário no BrasilNão é mais novidade o estrago que a situação econômica do Brasil vem causando na vida dos profissionais e suas famílias, especialmente desde 2015.

Esta forte instabilidade preocupa e paralisa ações, fazendo com que empresários adiem investimentos e novos empreendedores aguardem momentos menos incertos para iniciar seus projetos.

Apesar do momento controverso, ainda são muitos os profissionais que estão abrindo negócios próprios, muitos por falta de opção, pois não conseguem se recolocar no mercado após uma demissão e precisam por em prática alguma habilidade para poder gerar renda.

Para estes, principalmente, abrir um negócio próprio é um momento delicado, mas que pode se transformar em uma grande oportunidade caso consigam alinhar seus valores e objetivos com os de seu novo negócio, além de planejar e executar suas ideias.

Todo momento de incerteza causa certa dose de pânico e ações impulsivas. Por isso, é importante que o novo empresário desenvolva uma visão real do que está acontecendo dentro e fora dele mesmo, para que possa dar um passo consistente e sustentável na abertura de sua empresa.

Gestão

A realidade atual é que a maioria das pequenas empresas fecha as portas com menos de um ano de atuação. Segundo o Sebrae (2016), 7% dessas empresas fecham por falta de lucro, 20% encerram o negócio por falta de capital e quase 50% dos pequenos empresários do Brasil não sabem precisar se têm lucro ou prejuízo. Esses dados demonstram que as empresas fecham por falta de uma gestão adequada dos seus recursos.

Portanto, além de precisar desenvolver novas habilidades e competências, o empresário deve planejar e estruturar a abertura de seu negócio para que a nova empresa não faça parte das altas estatísticas de fechamento e de falência antes de dois anos de funcionamento.

Muitos aspectos devem ser levados em conta por quem almeja ter sucesso no universo do empreendedorismo, mas também existem algumas dicas que são preciosas para quem está abrindo pequenos, médios ou, até mesmo, grandes negócios no Brasil. São elas:

  • Tenha consciência de suas fortalezas e fraquezas, desenvolvendo mais autoconhecimento para lidar com seu perfil comportamental e o perfil de cada membro da equipe;
  • Aja pensando na vontade de seu público-alvo e não na sua;
  • Tenha foco ao definir seus objetivos, traçando metas estratégicas para chegar onde almeja;
  • Defina e redefina sempre seus diferenciais e vantagens competitivas de seu negócio;
  • Estabeleça um posicionamento mais sólido e confiável;
  • Tenha dedicação extrema, eficiente e incansável com o seu negócio, ele é sua responsabilidade.

Por fim, também é importante frisar que mesmo os pequenos negócios não podem ser gerenciados de maneira informal.

A concorrência é grande e quem sai na frente é aquele que, além de investir na qualidade e no diferencial de seus produtos e serviços, também se preocupa com a profissionalização da sua gestão, desenvolvendo competências e recursos internos condizentes com o propósito e objetivo de seu novo negócio. [Webinsider]

. . .

. . .

Invista em marketing de forma adequada

Contrate o Webinsider para o conteúdo de sua empresa

Novo modelo administrativo tira a gestão do gerente

Avalie este artigo:
Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

3 respostas para “Ser empresário no Brasil é ter um sonho ou não ter opção?”

  1. Isso mesmo. Apesar dos pesares os empreendedores estão ai com a cara e a coragem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *