Data center on demand pode melhorar desempenho da empresa

Nova Escola de Marketing
01 de outubro de 2013

Tecnicamente há muito mais recursos disponíveis para os gestores de TI com independência e autonomia, quando utilizam o conceito de Data Center virtual.

O mercado de Data Center vem apresentando novidades muito interessantes para quem está contratando, trocando de fornecedor ou vai contratar pela primeira vez serviços de alta disponibilidade deste tipo de infraestrutura. As empresas deste setor estão sempre em busca de algo novo para agregar às suas soluções tecnológicas e assim cativar por longos períodos os seus clientes.

Há cerca de um ano, a gigante americana Amazon, chegou ao Brasil trazendo com ela um novo conceito de serviços de Data Center, o pay-as-you-go. Trata-se de um sonho antigo, não só dos prestadores deste serviço como também dos próprios consumidores, que já não sabiam mais o que fazer com o desperdício de recursos em função de projetos que superestimavam as configurações de servidores e de todo o ambiente.

Com a chegada da Amazon, as empresas brasileiras puderam voltar a sonhar com o consumo de Data Center sob demanda, mas o sonho não aconteceu do jeito que todos esperavam. A companhia não se preocupou em “tropicalizar” seu modelo e impôs um formato difícil de ser aceito pela cultura brasileira, sem suporte humanizado, sem possibilidade de previsão exata dos gastos e cobrando por recursos difíceis de serem mensurados (quem é que sabe quanto uma aplicação lê ou escreve no disco?).

Com isso, estaríamos novamente na “estaca zero” do consumo por demanda? Pelo que parece, não. Mas a VMWare, outra gigante do segmento de serviços, avançou a passos firmes para o conceito de data center definido por software e justificou os cerca de 80% de market share mundial de virtualização bem como o recente título de estar entre as três empresas mais inovadoras do mundo.

O conceito da VMware, além de atender aos anseios dos consumidores para contratação de Data Center sob demanda, ainda ampliou a autonomia do cliente, porque possibilitou a entrega de centros de processamentos de dados virtuais completos, totalmente gerenciados por um console. Tecnicamente, há muito mais recursos disponíveis para os gestores de TI, mas o que chama mesmo a atenção é a independência e autonomia que estes profissionais podem ter quando utilizam o conceito de Data Center virtual.

Junto com esta evolução tecnológica, já chegou ao Brasil o vCloud Prime, uma solução definitiva para uso de Data Center sob demanda completamente adequada aos padrões brasileiros de atendimento, suporte e comercial.

O décimo evento mundial da VMWare, o VMworld, que aconteceu em São Francisco, na Califórnia, recentemente apresentou novas possibilidades que serão apresentadas para o mundo, o que amplia ainda mais as potencialidades do Data Center definido por software. Utilizar da maior e mais completa empresa do mundo do segmento de virtualização é a garantia de que tudo que há de melhor em termos de tecnologia sempre estará à sua disposição. [Webinsider]

…………………………

Leia também:

…………………………

Conheça os cursos patrocinadores do Webinsider

Avalie este artigo:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *