Social media para startups

03 de setembro de 2015

Modelar corretamente o seu negócio ajuda a entender os processos, as interações e lhe dá subsídios para criar um planejamento estratégico eficiente.

Não sei se vocês ainda repararam, mas meus artigos estão vindo aos poucos e assim vou falando das várias peças do quebra cabeça que envolvem o Marketing Digital e como isso pode ser aplicado em startups. Hoje a bola da vez são as mídias sociais.

A primeira coisa que eu acho importante ressaltar é que não existe uma receita de bolo para se trabalhar com mídias sociais. Não existe o melhor horário, ou a melhor quantidade de posts ou o melhor canal, o que existe é você testar isso tudo em seu cenário e encontrar a melhor forma que se ajuste ao seu negócio.

Outra coisa importante é que as mídias sociais não se resumem ao Facebook, tente olhar para os lados e antes de tudo entenda de verdade quem são os seus Buyer Personas. Caso não saiba o que é isso, dê uma olhada no primeiro artigo da série.

Analise os seus clientes

Se você não entende como o seu segmento de clientes se comporta no ambiente social, você terá muita dificuldade de impactar sua mensagem para o seu target e gerar tráfego, leads ou vendas.

Eu poderia tentar adivinhar os melhores horários ou até mesmo o número de vezes que você deve postar no Facebook, Twitter ou LinkedIn, mas isso não vai resolver sua vida, isso vai te iludir. Você vai achar que está fazendo um super trabalho em Social Media e não estará. Não adianta copiar o que a startup que você é fã, ou até mesmo o que o seu concorrente está fazendo, eles podem estar fazendo errado também.

Se você tem uma proposta de valor bem definida e entende como seu público interage com a sua marca / produto ou serviço nas redes sociais, você terá grandes chances de escolher apenas um canal nas redes sociais e será mais efetivo que criar milhões de perfis para falar as mesmas coisas e entregar as mesmas mensagens, ou pior, depois de ter um trabalhão customizando esses perfis, não ter tempo para produzir conteúdo inteligente para cada um deles. Já pensou nisso?

Por que não usar uma nova metodologia para trabalhar com Social para Startups?

Depois de algum tempo mentorando e estudando uma forma de ajudar as empresas durante o programa de aceleração, eu tenho trabalhado em um projeto que hoje se chama Digital Marketing Canvas.

Eu basicamente usei como apoio o canvas criado por Alexander Osterwalder para usar de forma estruturada estratégias e ações de Marketing Digital. Tudo começou quando fiz as minhas primeiras mentorias de Marketing Digital no Rio de Janeiro para as primeiras turmas de aceleradas da 21212.com.

Eu via sempre o pessoal muito envolvido com o tal do canvas e resolvi aprofundar os meus conhecimentos sobre esse assunto. Depois eu percebi uma grande dificuldade de implementação das estratégias e ações de marketing digital no período de aceleração

Caso esteja envolvido em um projeto de startup e não saiba o que é um canvas, recomendo assistir esta apresentação do Alexander Osterwalder no Youtube

 

Hoje, o meu projeto está em fase de validação avançada com algumas startups (Early Stage Startups) e está dando certo. Na prática, eu estou propondo o uso de camadas que você pode aplicar por cima do seu Business Model Canvas, claro que existem detalhes e algumas questões importantes para cada parte do marketing digital que focarei somente na parte relacionada a Social Media.

Como seria o Social Media Canvas?

Já que estamos falando de social media para startups, resolvi apresentar o Canvas para Social Media e introduzir alguns conceitos sobre a minha proposta de estruturação. Na minha proposta, você continuaria trabalhando com os mesmos nove blocos e o lado direito do canvas seria o lado estratégico e o lado esquerdo seria o lado tático.

Alguns dos módulos terão nomes iguais e outros blocos terão nomes diferentes, mas o que muda mesmo é como preencher. As informações dentro dos blocos é que serão bem diferentes do que você teria num canvas tradicional.

A inovação está em olhar tridimensionalmente e enxergar as várias layers do marketing digital por cima do seu canvas. Ou seja, você modela o negócio e depois modela as ações de social media, SEO, PPC, Afiliados ou e-mail marketing. O Canvas Para Social Media está mais avançado, pois será apresentado no Social Media Week São Paulo.

Abaixo você pode ver o Business Model Canvas da Gráfica Online onde trabalho.

Clique na imagem para abri-la maior.

Agora veja como você poderia usar o Social Media Canvas para uma startup onde estiver atuando. Repare na imagem abaixo que cada parte do Marketing Digital seria um canvas por cima do Business Model Canvas que você já tem.

dmk

O Social Media Canvas – Parte 01

Abaixo você tem uma melhor descrição de como preencher o Social Media Canvas.

sm

Clique na imagem para abri-la maior.

Social Media Canvas – Parte 02

Abaixo a continuação do preenchimento.

sm1Clique na imagem para abri-la maior.

Abaixo você pode ver o Social Media Canvas, feito baseado na proposta acima. Esta proposta já está sendo executada há uns três meses e vem dando certo. As cores dos post-its são propositais, pois dividi os canais sociais em redes de conteúdo (pêssego), redes de ativação (verde) e redes de relacionamento (rosa).

Basicamente, o objetivo é fazer um funil de fluxo de informação onde o conteúdo produzido para blogs, Slideshare, Youtube ou Instagram, sejam ativados em redes de ativação como Twitter, Google + e Linkedin. Como o Facebook para a empresa onde trabalho já é o nosso canal de relacionamento com o usuário, nossa fan page e os grupos onde nosso segmento de clientes se encontra são para nós os locais onde buscamos o relacionamento e o engajamento.

smc1Clique na imagem para abri-la maior.

Importante: Os Canais Sociais, Social KPIs, Atividades Chave, parceiros Chave, entre outros itens no Social Canvas, foram pensados e planejados de acordo com meus objetivos estratégicos e no meu segmento de cliente. O que eu quero dizer com isso? O que funciona para a empresa onde eu trabalho, provavelmente não funcionará para a sua startup.

Na primeira etapa do projeto, eu contei com mais de 40 startups que me ofereceram os primeiros insights para esse projeto. Envolvidas na aplicação, sendo participando de entrevistas ou usando a metodologia que eu tenho hoje, a empresa onde trabalho e mais 20 Empresas envolvidas.

O Projeto hoje é ideal para Startups Early Stage ou para você que ainda tem só uma ideia, mas não tem um site ou um primeiro MVP validado, ou até mesmo não tenha bem definido ainda o seu segmento de clientes, minha sugestão é trabalhar primeiro no Canvas tradicional e depois pensar o Digital Marketing Digital.

[Webinsider]

…………………………

Leia também:

Avalie este artigo:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *