Tecnólogo e bacharelado em marketing digital

30 de janeiro de 2017

Antes de entrar em uma faculdade, muitas vezes o estudante já teve contato com o marketing digital e deseja fazer uma faculdade nesta área. É possível?

Graduação e bacharelado em marketing digitalNo primeiro texto que escrevi (A formação profissional em marketing digital), falei sobre a formação de profissionais, mas focando apenas os cursos de extensão.

A questão é que muitas vezes, antes de entrar em uma faculdade, o futuro estudante já teve contato com o marketing digital e deseja fazer uma faculdade nesta área. Será que é possível?

Cursos de graduação tecnológica ou bacharelados em marketing digital, existem?

Desde 2001 atuo como professor universitário e muitas vezes os professores são questionados pelos alunos a ensinar novas metodologias, ferramentas e tecnologias durante o curso de graduação.

Em certa época, para atender as exigências de alguns alunos, transformamos uma disciplina de multimídia em aulas de Macromedia Flash com direito a Action Script e tudo.

No projeto final da disciplina, os alunos faziam sites que praticamente “voavam” com os efeitos especiais do Flash, que era a ferramenta do momento entre 2000 e 2002. Quantas empresas ainda fazem sites em Flash?

Calma aí com as novidades

Para um curso de graduação ser autorizado e reconhecido pelo Ministério da Educação, o curso precisa seguir algumas regras. O MEC não é tão flexível assim com relação a novos conhecimentos, ou até mesmo novidades tecnológicas ainda não consolidadas.

Uma IES (Instituição de Ensino Superior) pode até ensinar as linguagens de programação mais atuais, mas o nome da disciplina precisa ser linguagem de programação I, II, ou III ou ainda Linguagem de Programação Web, se for o caso.

Na prática, o MEC oferece um catálogo que toda IES deve seguir caso pretenda oferecer um curso de graduação tecnológica ou um bacharelado. Veja por exemplo o catálogo de cursos superiores de tecnologia.

Meu pai quando fez engenharia estudou Fortran, uma linguagem de programação bem específica para cursos de engenharia da época. Um aluno de engenharia hoje aprende a programar em linguagem C, C++ ou mesmo outras.

Graduação em marketing digital não tem?

Um curso de bacharelado em publicidade e propaganda com ênfase em marketing digital você até vai encontrar, uma graduação tecnológica em marketing com ênfase em marketing digital também é possível encontrar, mas um bacharelado ou graduação tecnológica em marketing digital vai ser difícil, pois como você viu no catálogo, o MEC não oferece essa opção.

Por todos estes motivos, não fique triste caso o seu curso só tenha uma disciplina de marketing digital ou marketing eletrônico. Muitas vezes foi o que a instituição de ensino superior conseguiu inovar sem deixar de atender as exigências do MEC.

Os próximos seis meses

Outra questão que precisamos levar em consideração é que quando formamos profissionais em uma graduação, o nosso objetivo é ou deveria ser o de formar para um longo período da vida profissional do egresso e não para os próximos seis meses apenas.

Em 2007, por exemplo, nos cursos de extensão que eu ministrava aulas, entre os tópicos que eram ensinados, estavam as campanhas usando o Yahoo Search Marketing. Hoje em dia quantas empresas anunciam com o Yahoo Search Marketing? Na verdade o Yahoo foi vendido e vai até mudar de nome.

Em 2007, as pessoas no Brasil nem falavam em inbound marketing; hoje em dia já existem profetas prevendo o fim da metodologia. Não é viável didaticamente ou financeiramente para uma instituição de ensino superior oferecer uma graduação tecnológica ou um bacharelado, por exemplo, que mude a grade do curso de seis em seis meses.

Eu tive a oportunidade de participar da produtação de um curso de bacharelado em publicidade e propaganda e, embora eu tenha participado apenas do processo de autorização na época, a IES onde trabalhava já tinha uma grande preocupação em atender todas as exigências que eram solicitadas pelo Ministério da Educação.

Quantidade de livros na biblioteca proporcional a quantidade de alunos e também quantidade de professores com mestrado e doutorado nas respectivas disciplinas do programa eram apenas duas das muitas exigências feitas pelo MEC para autorizar um curso na época.

Existem muitos critérios e normalmente as instituições montam uma comissão para organizar estas visitas que são feitas pelo MEC periodicamente para avaliar ou autorizar os cursos.

Consulte as opções

Se você é aluno de uma graduação ou tem interesse em fazer uma, entenda que não é nada fácil para uma IES atender as exigências do MEC. Se você pretende começar uma faculdade, minha sugestão é que você escolha um curso mais “generalista” como administração de empresas ou comunicação social.

Mesmo que durante o curso você não tenha disciplinas de marketing digital, você pode buscar atualização em cursos de extensão, ou em uma especialização lato sensu nesta área.

Entenda que vivemos em uma país onde felizmente ou não o diploma ainda é importante. Isso está mudando aos poucos, mas para você conseguir crescimento profissional na área e dependendo da empresa onde você for trabalhar, você vai precisar sim de um diploma de graduação e sim ele pode ser um diploma de graduação em marketing com ênfase em marketing digital.

O site do e-Mec é uma fonte muito rica de informações. Você consegue fazer uma busca por região e descobrir quais as Instituições de Ensino Superior que hoje oferecem Graduações em Marketing.

É possível também verificar a nota de avaliação que os cursos possuem em cada uma das instituições e nome dos coordenadores. A escala é de 1 a 5, mas para operar a instituição de ensino precisa ter no mínimo nota 3. Nota 1 e 2 são insatisfatórias.

Espero que tenha ajudado a esclarecer dúvidas que são muito comuns entre os estudantes interessados em estudar marketing em uma graduação. Grande abraço. [Webinsider]

. . . . .

Leia também:

A formação profissional em marketing digital

Tecnólogo e bacharelado em marketing digital

Avalie este artigo:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *