Pós-graduação (MBA) lato sensu em marketing digital, quando fazer?

Nova Escola de Marketing
02 de março de 2017

Pensando em fazer um MBA em marketing digital? Entenda a diferença entre os cursos e saiba se este é o momento ideal e também o curso ideal para você.

MBA em marketing digitral - conheça as opções de cursosNo primeiro texto que escrevi, eu falei sobre a formação de profissionais de marketing digital, focando apenas em cursos de extensão. Já no segundo texto foquei em cursos de graduação/bacharelado. Agora vamos falar sobre o MBA em marketing digital.

Este terceiro texto tem como objetivo explicar qual o momento ideal para fazer um curso de especialização lato sensu, também conhecidos como pós-graduações ou MBAs e se realmente esse é o curso ideal para você.

Cursos de especialização lato sensu em marketing digital

Antes de começar a falar do assunto chave do texto, preciso fazer uma breve explicação sobre os vários cursos de pós-graduação. Quando falamos em cursos de pós graduação, estamos falando em cursos divididos em dois grandes grupos: os cursos lato sensu e os stricto sensu.

Os cursos de pós graduação lato sensu são as especializações ou MBAs e os cursos stricto sensu são os mestrado e os doutorados (hoje em dia existem dois tipos de mestrados, os acadêmicos e os profissionais, mas isso é assunto para um outro texto).

Agora que você já se introduziu no contexto e entendeu de forma básica a diferença entre os diversos cursos de pós-graduação, vamos entender um pouco melhor sobre como funcionam especificamente as especializações lato sensu em marketing digital.

MBA em marketing digital

Assim que comecei a escrever este terceiro texto sobre a formação de profissionais de marketing digital, novamente fiz uma busca para ver quantos cursos em nível de especialização lato sensu eu encontraria. Nos resultados de minha busca, encontrei mais de 15 instituições com ofertas de cursos de especialização lato sensu nas áreas de marketing digital ou comércio eletrônico somente em São Paulo.

Se você já é graduado e busca uma especialização na área de marketing digital com uma carga horária igual ou superior a 360h, o curso de especialização lato sensu pode ser uma boa opção. Mas tome muito cuidado, pois para oferecer um curso de extensão, uma instituição de ensino não precisa de autorização do MEC para funcionar e muitas vezes quem vai te ensinar é um profissional com uma vivência de mercado maior que a sua na área – mas ele pode ou não ter uma formação acadêmica.

Basicamente o que estou dizendo é que em um curso de extensão você pode ter aula com um profissional muito bom, mas que não possui um diploma e você pode ser pós graduado, mas não sabe o que esse profissional está ensinando.

Nos cursos de especialização lato sensu, a instituição precisa estar regularizada como uma IES (Instituição de Ensino Superior) e uma das obrigações que a instituição precisa cumprir é ter 50% do corpo docente com titulação de mestre ou doutor e os outros 50% devem ser no mínimo especialistas (precisam ter uma especialização lato sensu).

É comum inclusive encontrar em instituições mais tradicionais apenas professores mestres ou doutores. Procure saber quem serão os professores do seu curso e verifique se eles possuem a formação mínima exigida pelo Ministério da Educação. Na prática, não é a formação acadêmica do professor que vai garantir que a aula dele será boa. Título de mestrado ou de doutorado não garante boa aula, muito pelo contrário (provavelmente a experiência profissional que ele tem agrega muito mais), mas infelizmente o Ministério da Educação não pensa dessa forma e exige que seu professor tenha a titulação já mencionada acima.

Quando falamos em especialização lato sensu em marketing digital complica ainda mais, pois bons profissionais dessa área no máximo possuem uma pós graduação lato sensu. Os bons profissionais que trabalham em agências, veículos ou anunciantes nem sempre possuem tempo suficiente para mestrados e doutorados, pois eles já são “mestres”, “doutores” ou ninjas em planejamento de mídia, entre outros tópicos.

Quando fazer um MBA ou pós-graduação em marketing digital?

Algumas vezes em minha vida profissional fui solicitado a aconselhar alunos de graduação que estavam próximos da formatura e desejavam ir direto para uma pós-graduação lato sensu ou para um MBA em marketing digital.

Meu conselho hoje é o mesmo que o da época: – Terminou sua graduação? Vá trabalhar, aprender com erros e acertos e depois de uns dois anos ou três volte para fazer a sua especialização, caso ainda sinta essa necessidade.

Nem sempre a ansiedade dos estudantes ou a velocidade do mercado permite isso, mas entenda que quanto mais experiência você tiver como profissional na área, mais maturidade terá e mais contribuição poderá oferecer em uma sala de aula.

Outra ponto importante para pensar é que muitas vezes, quando você termina uma faculdade e entra direto em uma pós ou MBA, você continua sendo um profissional com pouca ou nenhuma experiência e muitos diplomas e certificados.

O mundo do marketing digital é igual ao mundo do futebol: você precisa saber jogar e quem vai te dar a experiência de jogo é o jogo, ou seja, o job, quanto mais jobs ou projetos você estiver envolvido, melhor para você.

Outro ponto importante é saber se o momento que você está vivendo é o ideal para fazer um curso de aproximadamente 360h que vai exigir de você, na maioria dos casos, encontros presenciais duas vezes na semana ou aos sábados e ainda exigir leituras e trabalhos em grupo em outros horários.

Faça uma reflexão e responda a você mesmo: “Esse é o melhor momento para eu fazer esse curso? Eu digo isso, pois nenhuma instituição de ensino, nenhum coordenador ou professor está obrigando você a fazer o curso, mas educação funciona igual a medicina. Se você for ao médico sentido dores e ele prescrever um remédio e você não tomar o remédio, a culpa por não ter melhorado das dores não será do médico, será sua.

Se você faz um curso, mas sempre chega atrasado, falta, não lê ou não estuda o suficiente, seu aproveitamento será exatamente proporcional à sua dedicação. A instituição e os professores são responsáveis por direcionar da melhor forma o seu aprendizado, mas você precisa fazer a sua parte também.

Lembre-se que é sempre mais fácil culpar os outros pelas faltas de nossas próprias atitudes.

Mais algumas dicas sobre especialização lato sensu

A especialização lato sensu não vai te oferecer conhecimento específico em nada, na verdade você terá um conhecimento macro de diversos assuntos no universo do marketing digital.

Tive a oportunidade de montar e coordenar dois cursos de pós-graduação lato sensu e escutei algumas vezes alguns alunos reclamando que o curso ou uma disciplina específica não aprofundavam em A ou B, mas essa é a verdadeira proposta do curso de especialização lato sensu, não aprofundar em nada.

Lato sensu é uma expressão em latim que significa, literalmente, “em sentido amplo”. Se você pretende se aprofundar em algum assunto específico do marketing digital, recomendo montar um projeto de pesquisa e fazer um mestrado e não uma especialização lato sensu.

Algumas pessoas acreditam que MBA é algo maior ou tem maior valor do que uma especialização lato sensu, mas não é verdade. No Brasil, o MBA é classificado como uma especialização lato sensu. Entenda qual a diferença entre pós-graduação lato sensu e stricto sensu.

Algumas instituições mais tradicionais se preocupam em nivelar melhor quem entra em um curso de MBA, já que o ideal é que este profissional tenha pelo menos alguns anos de experiência profissional para trocar em sala de aula durante o curso, o que melhora e muito a qualidade geral do programa e do aprendizado como um todo.

Muitas vezes escuto pessoas dizendo que estão fazendo a especialização, mas o que querem mesmo é entrar no mestrado e para isso precisam terminar uma especialização lato sensu antes, como se fosse um pré-requisito e não é.

Você pode ser graduado e aplicar para um processo seletivo de mestrado sem passar por um curso de especialização lato sensu.

Se mesmo depois de todas essas dicas e reflexões você decidiu que o melhor para você é uma especialização lato sensu em marketing digital, verifique se a instituição onde deseja fazer o curso oferece a você a possibilidade de participar de uma aula magna ou aula inaugural antes de efetivar a inscrição no curso, ou se existe algum tipo de evento como encontro com o coordenador.

Normalmente nestes eventos você consegue trocar ideias com alunos que já estão fazendo o curso e consegue também conversar com professores ou com o coordenador responsável pelo curso e alinhar melhor as expectativas.

Como eu falei anteriormente, além de se comprometer financeiramente, você vai se comprometer por um período entre 12 e 18 meses.

Espero ter ajudado. [Webinsider]

A formação profissional em marketing digital

. . .

Tecnólogo e bacharelado em marketing digital

Leia também:

Avalie este artigo:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *