Vamos falar aqui de um assunto importante no Marketing Digital. Trata-se do email marketing, uma ferramenta poderosa de comunicação direta com o consumidor, mas que deve ser monitorada bem de perto. Isso porque, um percentual elevado de hard bounce pode comprometer a reputação da sua empresa.

hard bounce

Mas o que é um hard bounce? Vamos explicar. Bounce é o endereço eletrônico que não recebe e-mail. Isso pode ser um problema permanente (hard bounce) ou temporário (soft bound). Ambos os casos merecem a sua atenção.

O bounce é um indicador de qualidade da sua campanha e da sua base de leads. Se os seus email marketing têm um elevado percentual de rejeição, você precisa tomar uma atitude. Uma delas é rever a sua lista de contatos e, até mesmo, a forma de atrair os leads. É bom checar, também, se estão sendo respeitadas as leis de spam.

Entenda o hard bounce e saiba o que fazer

hard bounce

O seu email marketing pode ser rejeitado pelo servidor de email do assinante por diferentes razões e são elas que indicam se o problema é um hard bounce ou soft bounce.

Como já mencionamos, o hard bounce é um status permanente e o lead não será reativado. Essa desativação é uma ação preventiva. Isso porque os servidores de e-mail, Gmail e Yahoo, por exemplo, classificam o domínio remetente de campanhas com altas taxas de hard bounce como um spammer.

Se isso acontecer com você, é grande a chance de todos os seus e-mails irem direto para a caixa de spam. Então, monitore e cuide-se para que a taxa de hard bounce fique abaixo dos 3%. Se passar desse ponto, o melhor a fazer é interromper o envio de emails.

Você pode evitar uma incidência elevada de hard bounce, relacionando-se apenas com os leads válidos e interessados em seu conteúdo. Para isso, evite comprar listas prontas. Construa o seu próprio mailing.

Os principais motivos de um hard bounce

Entre os inúmeros motivos de rejeição dos seus email marketing, destacam-se:

  • O endereço de e-mail não existe. É comum acontecer isso quando uma pessoa deixa a empresa e sua caixa de entrada é desativada. Existem ainda os casos em que o email foi escrito errado.
  • O nome do domínio não existe.
  • Caixa de entrada cheia. Atualmente, a maioria das caixas de entrada tem capacidade superior a 1G. Se ela está lotada, pode significar que tenha sido abandonada ou desativada.
  • Rejeição pela política de segurança do destinatário: o endereço de e-mail de envio precisa passar essa barreira.

O que é o soft bounce

hard bounce

Depois de conhecer o hard bounce, dá pra perceber que agora vamos falar de algo mais leve. Nesses casos, geralmente, a rejeição é específica, temporária e indica que o problema pode ser resolvido.

Um soft bounce não descredencia os leads para futuros email marketing. Haverá novas tentativas mas, se o problema persistir e os emails continuarem retornando, o endereço do destinatário será convertido para a categoria de hard bounce e deverá ser excluído do mailing.

Geralmente, são permitidos sete soft bounce para um endereço de e-mail sem atividade e até 15 soft bounce para aqueles com atividade anterior.

Principais motivos que levam a um soft bounce

Nesses casos, também, existem inúmeras razões pelas quais os emails são rejeitados. As mais comuns são:

  • O servidor de e-mail do destinatário está inativo ou off-line.
  • A mensagem de e-mail é muito grande e o servidor demora para recebê-la.
  • A quantidade máxima de envios para o mesmo servidor em um período de tempo foi ultrapassada.

Outros tipos de rejeição

Falamos aqui sobre o hard bounce e o soft bound e certamente você entendeu a importância de se fazer um monitoramento dos emails marketing enviados. Nada de sair disparando para todos os lados, sem planejamento e controle.

Além do hard bounce e soft bounce, é bom você ficar atento, também, ao spam boucend e ao pending bounce.

Spam boucend são os emails que fizeram denúncia de spam, por meio do filtro automático. Não tem relação com o email cair ou não na caixa de spam. É uma denúncia que ocorre antes do contato receber a mensagem.

hard bounce

Nesses casos, para elevar o índice de entrega dos seus e-mails, invista em relacionamento com os seus contatos. Oriente-os para adicionar você como remetente confiável e a clicarem sempre na opção “Não é Spam”.

Pending bounce mostra uma rejeição que ocorreu por um problema temporário. Se a mensagem reenviada não puder ser entregue em até 72 horas, ela migrará para um soft bounce.

Capriche no seu email marketing

hard bounce

A taxa de entrega do seu email marketing é fundamental para o sucesso da sua campanha. Mas se você ficar enviando email a todo instante, com conteúdo que não interessa para a sua base de contatos, provavelmente seu esforço se transformará em spam. Ninguém quer isso.

O email marketing ainda se mantém em posição de destaque quando o assunto é criação e nutrição de relacionamentos no Marketing Digital. Se é assim, que tal fazer a coisa certa? Invista em um planejamento estratégico.

Mas, na hora de construir o seu email marketing, siga algumas dicas valiosas:

  • Capriche na elaboração da sua relação de contatos. Nunca compre lista pronta – é fria na certa. Construa o seu próprio banco, incentivando os seus leitores a se inscreverem para receber suas mensagens. Você não conseguirá uma super lista da noite para o dia. Esse é um trabalho de formiguinha.
  • Defina o objetivo a ser atingido e a ferramenta para medir os resultados.
  • Desperte o interesse, começando pelo título. Seja criativo. Faça o testes A/B, que funciona da seguinte maneira: você envia dois e-mails com títulos diferentes para uma parte dos seus contatos. Monitore qual deles teve um taxa de abertura maior. O “vencedor” será enviado para a lista completa.
  • Invista em conteúdo relevante para o seu público – assuntos que interessam a ele. Essa orientação vale ouro. Use linguagem simples e pessoal, sem exageros, despertando no seu público a vontade de visitar o seu site. Você pode aproveitar as postagens do seu blog e enviar para a sua lista todas as atualizações, por exemplo. Mas você somente terá resultados satisfatórios se souber quem é o seu público, o que ele quer e onde ele está.
  • Não menospreze o visual, no entanto, garanta um layout responsivo, cuja mensagem possa ser carregada em qualquer dispositivo, inclusive, smartphones.
  • Mantenha o seu “call to action” visível, usando cores e contrastes. Esse é o botão que direciona o leitor para a página que você deseja. Desperte a sensação de urgência para conduzir a pessoa a agir mais rapidamente.
  • Segmente a sua lista. Esse é um jeito de você mandar a mensagem certa, para a pessoa certa, na hora que ela quer – ou precisa.
  • Monitore os resultados. Assim você saberá se alcançou o objetivo e se está no caminho certo.

Carrinho abandonado

hard bounce

Nas lojas virtuais, o percentual de compras que param no meio do caminho é grande. Segundo pesquisas, 67% dos carrinhos são abandonados com mercadorias. Busque recuperar essas vendas. Envie email oferecendo algum benefício ou use qualquer outro tipo de atrativo. Mas corra atrás.

Você curtiu esse post? Tem alguma experiência que gostaria de compartilhar conosco? Use o espaço abaixo.

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+