Ter uma vida mais equilibrada deveria ser o objetivo de todos nós. As vantagens muitos já perceberam: tempo de qualidade com quem se ama, menos ansiedade, estresse gerenciado, saúde em dia. Uma vida mais balanceada significa mais bem-estar e felicidade.

Mas a parte fácil é entender os benefícios. Com trabalho, carreira, casa, conta a pagar, filhos, estudos e tudo mais que preenche nosso tempo, ter uma vida equilibrada parece algo muito distante. Acredite: é possível! Basta fazer algumas escolhas e ter esse equilíbrio sempre em mente.

Neste artigo, vamos ver alguns passos que você pode tomar para retomar o controle e o equilíbrio da sua vida. Aos poucos, você começa a ver mais resultados e provavelmente vai ter mais energia para aumentar sua produtividade sem descontar em outras áreas. Lembre-se de que esse trabalho é constante, mas vai valer a pena.

vida equilibrada

O que significa ter uma vida equilibrada e saudável

Primeiro, vamos entender o que uma vida equilibrada realmente significa para depois compreender como é possível chegar até ela. Para cada um, pode ter um significado diferente.

No geral, ter uma vida equilibrada significa conseguir lidar com os vários elementos da sua vida sem sentir que seu coração ou sua mente estão sendo pressionados ou tomados por apenas uma área, como o trabalho, por exemplo.

Podemos dividir esses elementos em duas categorias: internos e externos. Muitas pessoas cometem o erro de focar mais em uma do que na outra, o que prejudica o equilíbrio. Quem consegue esse balanço tende a se sentir mais calmo, motivado e com pensamentos claros.

Sua família, carreira e atividades podem estar indo bem, mas não se deve esquecer do que acontece na sua mente e no seu coração. Por outro lado, se você passa muito tempo na auto-reflexão, pode deixar de viver experiências importantes.

Para começar a ter uma vida equilibrada, você deve fazer a decisão consciente de buscá-la. Perceber que uma mudança é necessário é seu primeiro passo, além de não se permitir esquecer disso. Veja agora algumas dicas práticas que vão guiá-lo nesse início.

1 – Avalie a sua vida atual

Para que sua vida passe por uma reestruturação, é preciso compreender primeiro qual é o estado atual. Você se sente, por exemplo, fisicamente cansado ou cansada? Tem sentido que suas relações estão negligenciadas?

Pergunte a si mesmo porque você está lendo este texto, porque procurou por ele. Quais foram as motivações? Colocar na ponta do lápis pode ajudar.

2 – Defina objetivos de curto e longo prazo

Veja a sua vida, por um momento, como um negócio. Para ter sucesso, qualquer empresa precisa de objetivos claros. Sem isso, não existe um plano de ação coerente e o risco para as contas é grande.

Por isso, se o que vai trazer equilíbrio para sua vida é encontrar tempo para a família sem negligenciar a carreira, tenha sempre isso em mente. Você pode quebrar em passos menores para ficar mais fácil, como não trabalhar até mais tarde por três dias na semana, por exemplo.

Ou então você acredita que precisa se exercitar mais. Ao invés de fazer uma resolução de ano novo, comprometa-se a ir à academia três vezes por semana durante 4 meses. Aos poucos, você aumenta a frequência, conforme o comparecimento for ficando mais fácil.

Aqui, é importante ser específico. Dizer que vai “se exercitar mais” é vago e pode barrar sua evolução. Veja alguns outros exemplos de práticas que levam a uma vida equilibrada:

  • Desconecte-se: especialmente para quem trabalha na internet, tirar os olhos das telas luminosas por um tempo é essencial. Comece ficando algumas horas sem utilizar o celular ou computador no fim de semana. Aos poucos, você aumenta esse tempo, e se vê interagindo mais com a família e amigos.
  • Saúde: fazer check-ups realmente toma muito do nosso tempo, mas é essencial para evitar problemas futuros. Sua saúde afeta a qualidade do trabalho e das relações e sintomas que não são tratados podem se agravar. Que tal se comprometer a consultar um médico todo ano?
  • Tempo para você: não se esqueça da categoria de elementos internos. Reserve sempre tempo para você. Comece, por exemplo, com alguns minutos por dia. Pode ser qualquer atividade, desde meditação até ouvir uma música.

3 – Priorize

A fim de atingir seus objetivos, é preciso tomar decisões. Ter uma vida equilibrada significa escolher o que traz benefícios para você e aqueles ao seu redor. Sem efetivamente fazer a escolha, você não consegue se organizar para criar uma boa rotina.

No livro Effective Executive, Peter Drucker explica que depois de definir objetivos e decidir o que é mais importante, você deve fazer tudo o que estiver ao seu alcance para concretizar as ações. Checar seus e-mails é mais importante do que ligar para seus pais? Pese essas diferenças e faça escolhas conscientes em busca de uma vida balanceada.

Equilibrar a vida é uma jornada

Você pode ter seguido todas as práticas à risca e sentido mudanças reais. Mas bastou um escorregão e tudo saiu dos trilhos. Isso não é anormal! A busca por uma vida mais equilibrada é constante e trata-se de uma jornada.

É ótimo sentir o equilíbrio acontecer. Mas, se algo sair do controle, não se desespere. Recomece de onde parou e sempre se lembre dos benefícios de ter uma vida equilibrada.

O equilíbrio não depende da sua prática ou não de meditação. Mesmo assim, é algo muito recomendado e que, se for certa para você, pode fazer transformações. Se está curioso, não deixe de ler este post sobre técnicas de meditação.

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+