Que o exercício regular é um santo remédio, todo mundo já sabe. Mas, agora, é hora de aprender como fazer exercícios físicos no trabalho e sentir-se ainda melhor.

Ou seja, acabou a desculpa da falta de tempo para frequentar a academia ou para aquela caminhada regular no parque perto de casa. Você vai exercitar-se a qualquer hora do dia, enquanto executa as suas atividades rotineiras, inclusive, o trabalho.

Os benefícios dos exercícios físicos

Isso não é novidade para a maioria das pessoas, mas é sempre bom lembrar o quanto você tem a ganhar, combatendo a ociosidade e o sedentarismo.

Veja alguns exemplos dos benefícios dos exercícios físicos:

Previne contra o Alzheimer

Quem não tem medo dessa doença? Um jeito natural de ajudar a retardar ou até mesmo prevenir o Alzheimer é por meio do exercício físico regular. Isso porque, segundo cientistas, os exercícios alteram a estrutura e a função do cérebro, melhorando o fluxo sanguíneo, e atua na proteína BDNF, que ajuda a reparar e proteger as células cerebrais da degeneração.

Combate a depressão

exercícios físicos no trabalho

Por atuar no nosso cérebro, os exercícios físicos no trabalho, na academia ou em casa, ajudam a combater a depressão. E, também, ninguém precisa de pílula da inteligência, porque ao exercitar, você melhora a memória e dá energia para um aprendizado mais rápido.

Retarda o envelhecimento

exercícios físicos no trabalho

Exercícios físicos regulares e de intensidade moderada retardam o envelhecimento das células. Isso está cientificamente comprovado. Alguns estudos mostram ainda que eles podem esticar a vida em até cinco anos.

Pele mais saudável

A saúde da pele agradece. Isso porque a atividade aeróbica aumenta o fluxo sanguíneo na pele, liberando oxigênio e nutrientes. Um excelente recurso, também, para curar feridas mais rapidamente.

Sensação de bem-estar

exercícios físicos no trabalho

O exercício libera substâncias químicas no cérebro – serotonina, noradrenalina, endorfinas, dopamina – que ajudam a aliviar a dor e o estresse e melhora o humor. Muitos tipos de exercícios, como andar de bicicleta, aliviam os sintomas da depressão e levam as pessoas a se sentirem melhores.

Existem muitas outros benefícios como:

  • Melhora da função cardíaca;
  • Controle do açúcar no sangue;
  • Queima de gordura no corpo;
  • Redução da incidência de inflamações em geral;
  • Combate ao excesso de peso;
  • Melhora da auto-estima;
  • Diminuição da depressão.

Tem muito mais. Porém, antes de iniciar qualquer atividade física, converse com o seu médico.

Pontos de atenção em relação aos exercícios físicos no trabalho

A primeira coisa com a qual você deve se preocupar, ao planejar os seus exercícios físicos no trabalho, é com a segurança sua e das demais pessoas ao seu redor.

Quando se pensa em um ambiente de escritório, por exemplo, associar atividade física com a rotina de trabalho pode ser tarefa simples. Mas isso nem sempre ocorre nos casos de usinas, laboratórios de pesquisa, ambientes confinados etc.

Por isso, a dica é que você converse antes com o seu gestor e discuta com ele as possibilidades de exercícios físicos no trabalho.

Exemplos de exercícios físicos no trabalho

Use a cadeira como sua aliada

  • Contraia o bumbum por 5 segundos e solte. Repita 10x.
  • Apoie as mãos nas laterais do assento, inspire e levante o bumbum com as pernas juntas e esticadas (paralelas ao chão). Mantenha-se nessa posição por 10 segundos. Repita o movimento 10 x. Faça o mesmo com as pernas dobradas.
  • Se a sua cadeira for giratória, mantenha a postura ereta e, sem colocar os pés no chão, apoie a ponta dos dedos sobre o canto da mesa. Contraia o abdômen, enquanto movimenta o corpo devagar para o direita e esquerda. Faça isso três vezes ao dia, com 10 repetições para cada lado.

Não fique o tempo todo sentado

exercícios físicos no trabalho
  • Levante-se a cada hora e ande um pouquinho. Esses são bons momentos para ir ao banheiro, retocar maquiagem, beber água etc.
  • Ao invés de enviar um monte de emails, que tal ir até a mesa do colega e conversar com ele pessoalmente? Quer outra dica: permaneça de pé enquanto fala ao telefone.
  • Sempre que possível, evite o elevador e vá pelas escadas. Quanto mais, melhor. Você irá trabalhar as pernas, bumbum e abdômen.
  • Exercite sua panturrilha, aproveitando os momentos que levantar da cadeira. Para isso, fique na ponta dos pés por alguns segundos e volte à posição normal. Repita algumas vezes esse movimento.

Nas pausas

exercícios físicos no trabalho
  • Aproveite para fazer alguns alongamentos.
  • Você pode usar as paradinhas do trabalho para exercitar-se. Por exemplo, na hora do cafezinho, equilibre-se com uma perna e levante a outra para trás. Concentre-se em manter músculos da perna de apoio bem firmes. Repita isso sempre que tiver uma oportunidade.
  • Com a coluna reta, eleve os braços acima da cabeça com os dedos entrelaçados com as palmas voltadas para o teto. Inspire esticando o máximo que puder, por 5 segundos e volte à posição inicial expirando lentamente. Repita o momento para direita e para esquerda. Você pode fazer esse exercício sentado ou em pé.

Notebook e livros

  • O seu computador de mão ou aquele amontoado de livros pesados que você tem que levar para a reunião podem ser usados para fortalecer o bíceps. Use esse peso para uma série de flexões – pelo menos 10 de cada lado.

No estacionamento

exercícios físicos no trabalho
  • Evite aquela vaga tentadora exatamente em frente ao seu local de trabalho. Estacione o carro a um quarteirão de distância e caminhe. Se você usa transporte público, desça um ponto de ônibus ante ou depois para também andar um pouquinho.

Como você pode ver, exercícios físicos no trabalho são simples e fáceis. Por outro lado, os ganhos para sua saúde são imensuráveis. Então, mexa-se!
Se você curtiu esse post, compartilhe como os seus amigos. Certamente tem alguém precisando tirar o “bumbum da cadeira” para dar um upgrade na saúde e na qualidade de vida.

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+